Europa

As principais: atrações em Paris – Guia Completo

Île de la Cité e île Saint-Louis

Conciergerie

A magnífica construção medieval entre a Île de la Cité e o braço direito do Sena chama a atenção de qualquer um. Aliás, afinal, eu sempre acabava passando do lado em minhas andanças por Paris.
A Conciergerie é parte de um conjunto que incluía  o Palácio da Cidade  (Palais de la Cité) ao mesmo tempo, sede e residência real francesa nos século X ao XIV.

As principais: atrações em Paris -: la Conciergerie

Enorme. Ou seja, estendia-se sobre o local em que hoje está o Palácio da Justiça.
Quando o rei Charles deixou o palácio no final do século XIV, o local foi transformado em prisão. Ou seja, durante a Revolução Francesa era onde mantinham presas pessoas famosas do antigo regime. Entre eles Maria Antonieta, esposa de Louis XVI, posteriormente guilhotinada.

Passeio de barco pelo Sena

Durante o tempo em que morei em Paris, como em outras vezes em que retornei a capital francesa, sempre curti esse passeio. Aliás, mesmo os parisienses, sejam casais, ou acompanhados de filhos ou amigos adoram esse passeio. Ou seja, trata-se de uma maneira confortável de conhecer a região mais bela da cidade sem ter que caminhar durante umas duas horas.
Esse trecho das margens do Sena, entre a Îlte Saint-Louis e Trocadéro, onde fica a Tour Eiffel, é considerada, aliás, pela Unesco, como Patrimônio da Humanidade.
Muita gente já escutou que tal lugar é “imperdível”. Expressão manjada do turismo. Pois é isso mesmo, as margens do Sena são imperdíveis!

Onde embarcar

Há passeios que partem, por exemplo, do Trocadéro, mas quase sempre o mais prático é embarcar naquela ponta ajardinada da Île de la Cité junto ao Pont Neuf. Ou seja, você desce a escadaria em frente à escondida Place Dauphine, e chega no local de embarque.

As principais: atrações em Paris – passeio de barco pelo Sena

Saiba, porém, que o passeio por esse trecho do Sena não é a única opção para quem quer percorrer Paris de barco. Há várias outras. Assim, você pode comprar excursão incluíndo almoço ou jantar a bordo. Há outras, igualmente, com roteiros pelos canais de Paris ou mesmo pelo Marne. Sem falar das visitas de final de tarde no poente.

As principais: atrações em Paris -:passeio de barco pelo rio Sena

Pont Neuf

O Pont Neuf (em português Ponte Nova), apesar do nome ,é das mais antigas de Paris. Ou seja, toda de pedra, ela foi construída para substituir as toscas pontes medievais de madeira. Aliás, as antigas pontes medievais eram construída com construções dos dois lados. Assim como o Ponte Vecchio, de Florença, na Itália. como era costume na época.

As principais: atrações em Paris -: Pont Neuf e os cadeados do amor

Cenário de filmes

A ponte, já foi cenário de filmes, como Les Amants du Pont Neuf e Todos dizem eu te amo, de Woody Allen. É, portanto, um dos lugares mais românticos de Paris. Ela é, aliás, dividida em duas partes. Assim, um trecho vai da Rive Droite até o Jardim do Vert-Galant, aquela ponta da Île de la Cité, com um lindo jardim. O outro trecho, mais curto da ponte, se estende da Île de la Cité à Rive Gauche, em frente a Saint-Germain. É do ponto de embarque desse esse lindo jardim que partem os famosos bateaux-mouches que sobem o Sena.

As principais: atrações em Paris -: Pont Neuf, braço entre a île de la Cité e Invalides

Sainte-Chapelle

A Sainte-Chapelle, na Île de la Cité data do século XIII. Ela foi erguida a mando de do rei Louis IX, (Saint Louis), para receber a coroa de espinhos com a qual Cristo teria sido crucificado. A obra gótica, com alguns dos mais belos vitrais de Paris, mergulham a capela numa suve luminosidade. Saiu caríssima!

As principais: atrações em Paris:, Saint-Chapelle

Embora o rei tenha pago uma fortuna pela coroa, como comprovam estudos posteriores, a tal coroa se revelou falsa. Em suma, como quase todas as famosas relíquias adquiridas durante a Idade Média. Isso não impede que a visita à Saint-Chapelle seja um dos ícones do turismo em Paris.

Catedral de Notre-Dame de Paris

O mais famoso ícone da capital francesa, a catedral de Notre-Dame, na Île de la Cité, começou a ser construída em 1163. Ou seja, é uma das primeiras em estilo gótico construídas na França. A catedral de Notre-Dame é, igualmente, uma atração turística, uma das mais visitadas por turistas do mundo todo.

As principais: atrações em Paris – Notre-Dame

Durante toda sua história, Notre Dame foi cenário de acontecimentos marcantes em Paris, como a coroação de Napoleão Bonaparte em 2 de dezembro de 1804.
Procure, se possível, visitar a catedral fora dos “horários de pico”, quando o número excessivo de turistas chega a incomodar.

O incêndio de Notre-Dame de Paris,

Infelizmente há uns anos, um incêndio iniciado no telhado da catedral em 15 de abril de 2019, destruiu parte do templo, felizmente recuperado.
Numa das vezes que passamos em Paris observamos, Ketty e eu, a catedral, da pracinha em frente, no Parvis de Notre-Dame. Sem sermos particularmente voltados para a religião, nos incomodou, entretanto, a destruição de um patrimônio cultural e histórico dessa grandeza.

As principais: atrações em Paris -: Notre Dame à noite

Palais Royal-e-Louvre

Palais-Royale, bem em frente ao Louvre, foi construído a mando de Richelieu a partir de 1624. Por isso mesmo, era conhecido por Palais du Cardinal. Posteriormente, foi doado por Richelieu à monarquia francesa. Dessa forma, em 1643 tornou-se de fato uma residência real, abrigando a raínha Ana da Áustria, após a morte do marido, Luiz XIII.
No meio de belos jardins e espelhos d ‘água rodeados de cadeiras, foi um lugar perfeito para darmos uma relaxada, antes de prosseguirmos nossa caminhada pela Rive Droite.

As principais: atrações em Paris – Palais Royale

Musée du Louvre

Um dos maiores museus do mundo, quase um símbolo da capital francesa. Reúne coleções de arte, de estilos variados e diferentes épocas, entre elas a badaladíssima Mona Lisa, com seu sorriso maroto, que reúne multidões.
O Louvre possui, igualment,e seções com temas históricos, sobre o Egito, a a antiguidade clássica grega, a época romana etc. Além, é claro de magníficas coleções de pinturas e esculturas de artistas famosos.

As principais: atrações em Paris – Musée du Louvre

O acervo, porém, é tão espetacular que dividimos nossas idas ao Louvre em diversas visitas, em diferentesvisitas e viagens.
Dessa forma, nossa sugestão é que você vá um dia no período da manhã para conhecer uma ou duas seções do museu e volte outro dia à tarde para conhecer mais algumas. Ou corre o risco de uma intoxicação cultural!

As principais: atrações em Paris: Musée du Louvre

Invalides

Musée d’Orsay

O Musée d’ Orsay, funciona em uma charmosa estação ferroviária contruída no final do século XIX. Toda em estilo Beaux-Arts, a estação foi caprichosamente reformada para abrigar o museu. Embora reúna diferentes tipos de coleções de pinturas, o Orsay é conhecido principalmente por abrigar obras dos mais famosos mestres do Impressionismo.

As principais: atrações em Paris: Musée Orsay

Ou seja, nomes como Renoir, Monet, Cézanne, Manet, Camile Pissaro, Vincent Van Gogh, Degas, e outros feras que Ketty e eu amamos. Aliás, curtimos igualmente o velho prédio da estação, às margens do Sena inteligentemente transformada em um dos mais importantes museus de Paris.

As principais: atrações em Paris: Musée Orsay

Musée Rodin

O Musée Rodin, nos Invalides, inaugurado em 1919, é um dos museus paririenses mais visitados por brasileiros. Não me perguntem porque! O fato é que o museu, instalado num belo imóvel no meio de um jardim, reúne no seu interior e mesmo em floridas áreas externas, as mais belas obras de um dos maiores escultores do de sua época.

As principais: atrações em Paris

Quartier Latin

Musée de Cluny (ou Museu da Idade Média)

O Museu de Cluny, ( Musée National du Moyen-Âge) dedicado a mil anos de arte medieval, é um dos principais do Quartier Latin. Aliás, você, se circular por Paris, na Rive Gauche, vai passar mais de uma vez frente a esse museu no cruzamento dos Boulevares Saint-Michel et Saint-Germain. Está instalado em ruínas das antigas termas de Cluny, na época romana. Assim, você não verá o imóvel. Para entrar no museu dê a volta e pegue a rue du Sommerard.

As principais: atrações em Paris; Musée de Cluny (Museu da Idade Média)

O museu abriga uma riquíssima coleção de tapeçarias, pinturas, iluminuras, esculturas e vitrais que dificilmente veríamos em outro lugar. Por isso mesmo Ketty e eu visitamos Cluny mais de uma vez, sendo que, em uma das visitas tivemos a sorte de assistir a uma concerto de música medieval com instrumentos da época.

Panthéon de Paris

O Phantéon de Paris, no Quartier Latin, quase em frente ao Jardin de Luxembourg, é uma construção imponente, com mais de 100 metros de comprimento e 84 metros de largura. Foi construído por ordem de Luiz XV em 1758, para hospedar o santuário de Santa Geneviève. Em 1791, na Revolução Francesa, foi tranformado para homenagear os grandes nomes da cultura nacional. Um dos principais monumentos da capital francesa, a cúpula do Panthéon alcança 83 metros de altura.

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é PARIS-1050958.jpg
As principais: atrações em Paris: Panthéon

St-Étienne-du-Mont (igreja)

Quando visitamos o Panthéon aproveitamos para, contornando o movimento, visitar a igreja de St-Étienne-du-Mont, logo atrás, na pracinha da colina Ste-Geneviève. Em suma, uma das mais lindas igrejas de Paris.Trata-se, assim, da igreja construída no século XIII, que tem a particularidade de possuir apenas uma nave e uma torre.

As principais: atrações em Paris: Igreja de Saint Etiènne du Mont

Rue Mouffetard e Place de la Contrescarpe

A Rue Mouffetard era, na antiguidade, o início da estrada romana que que levava de Paris a Roma. Hoje, essa pequena rua que os parisienses parecem curtir bastante, abriga lojas e feiras de ruas onde os habitantes do bairro fazem suas compras ou frequentam barzinhos ou restaurantes.

As principais: atrações em Paris: rue Mouffetard

Toda a região em volta da famosa “Mouffe” (para os íntimos apenas…) possui ruas de traçado ainda medieval. Numa de suas extremidades fica a Place de La Conbtrescarpe, ponto de encontro de escritores norte-americanos que em 1930, viviam em Paris, como Henry Miller, Anais Nain e outros. Para quem não sabe, Anais era ao mesmo tempo amante de Miller e igualmente de sua esposa. Só que, nenhum dos dois sabia disso. Quem viu o filme “Henry e June”?

As principais: atrações em Paris: Notre-Dame

Hôtel de Ville (Prefeitura)

Em primeiro lugar, saiba que Hotel de Ville, significa na França “prefeitura”. Não pense, portanto, em perguntar se têm quartos livres…. Situado junto ao Sena, na Rive Droite, apesar de ter sido construído na segunda metade do século XIV, para abrigar a prefeitura de Paris, ele foi posteriormente totalmente destruído por um incêndio em 1871. Assim, foi substituído por uma imponente construção neo-renascentista decorada por esculturas.

Se puder visite o Hotel de Ville também à noite

Evidemente, muito elegante, mesmo durante o dia, o Hotel de Ville é mais lindo ainda, se apreciado à noite. Dessa forma, nós mesmos, já conhecendo muito bem o Hotel de Ville, não deixamos de passar bem do lado da bela construção à noite, ao atravessar o Sena, quando perambulamos por Paris.

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é PARIS-HOTEL-DE-VILLE-NOITE.jpg
As principais: atrações em Paris: Hotel de Ville

Patinar na frente do Hotel de Ville

Durante uma de nossas visitas a Paris, nós do Canal do Youtube “Sonhos de Viagem”, pudemos patinar em frente ao Hotel de Ville à noite. Foi uma agradável experiência. Por sorte, achamos alguém que alugava patins para gelo, que obvimente não colocamos em nossas mochilas no Brasil.

As principais: atrações em Paris: patinação no gelo em frente ao Hotel de Ville

Centre Georges Pompidou (Beaubourg)

No meio de uma animada praça da região de Halles-Châtelet fica uma das mais visitadas atrações de Paris. Em primeiro lugar, o Centre Georges Pompidou, inaugurado em 1977, chama a atenção por seu estilo modernista. Ao observar a construção vimos, de cara, que não apenas seus elevadores são totalmente panorâmicos. O mesmo acontece com suas canalizações em tubulões coloridos ficam sempre do lado externo da construção.
O Centre Pompidou (também chamado de Centre Beaubourg), embora tenha suas coleções, tem como objetivo hospedar principalmente exposições temporárias. O ideal é você já entrar no site do Beaubourg (www.centrepompidou.fr/fr/) e ver quais serão, eventualmente, as exposições que estarão rolando por lá durante sua viagem a Paris.

As principais: atrações em Paris: Centre Pompidou

Musée Carnavalet (Museu da História de Paris)

Esse é o museu ideal para aqueles que querem entender mais sobre a História de Paris, mesmo que não sejam exatamente “historiadores”. O Carnaval, no bairro do Marais, de fácil acesso, está instalado em uma elegante mansão do século XVI, o Hotel Carnavalet (hotel nesse caso significa uma antiga mansão). O edifício foi posteriormente adquirido pela prefeitura de Paris. Seu acervo abrange desde objetos da Idade da Pedra encontrados na região parisiense, até outros de diferentes períodos históricos, mesmo recentes, do século XXI.
Vimos até mesmo objetos pessoais de uso diário da rainha Maria Antonieta, como artigos de toilette, sua joalheria, joguinhos que ela curtia, mechas de seus cabelos e até seus sapatos.

As principais: atrações em Paris: Musée Carnavalet, no Marais

Opéra-Madeleine-Concorde

Opéra Garnier

Saiba, em primeiro lugar, que teatro de Opéra Garnier (também conhecido como Palais Garnier) é um dos mais famosos do mundo em sua categoria. Sua construção foi meio longa para sua época. Ou seja, iniciada em 1860, só foi concluída em 1875. Alguns dos maiores espetáculos do mundo tiveram lugar em seus palcos.

As principais: atrações em Paris: Opéra

O Opera Garnier pode ser conhecido por dentro, a parte mais interessante. (Obviamente não durante uma apresentação!) Eu já o havia visitado há mais de uma década e nem me lembrava de tudo direitinho. Mas, seu museu possui coleções de pinturas, todas inspiradas na dança clássica, como a Danceuse s’exerçant au foyer, de um dos mestres do impressionismo, Degas. O teatro possui igualmente maquetes de seus cenários mais famosos.

As principais: atrações em Paris: Opéra por dentro

Madeleine (igreja)

Essa igreja é bastantes curiosa, não só pela sua arquitetura, que lembra mais a de um templo greco-romano, com colunas. Chama a atenção igualmente, o fato de não possuir torre de campanário, nem mesmo cruzes muito evidentes. Fica perto do teatro Opéra e pode fazer parte de um mesmo roteiro. Dê uma olhada no mapa: fica a uns dez minutos de caminhada de Opéra.

As principais:atrações em Paris, la Madeleine

Trocadéro-Tour Eiffel

Tour Eiffel

A Torre Eiffel (Tour Eiffel, pronuncie “Tur Efél” se quiser ser chique…), é a atração turistica mais visitada do mundo. Foi construída pelo engenheiro Gustave Eiffel para a exposição Universal de 1889. Com cerca de 324 metros, foi durante muito tempo a estrutura mais alta do planeta. Só foi foi superada em 1930 pelo Chrysler Buiding de Nova York.

As principais: atrações em Paris: Tour Eiffel vista do Trocadéro

Enfim, tem elevador que conduz os visitantes aos seus diferentes níveis. Do alto você tem uma visão panorâmica de Paris. Consegue avistar até extremos, do outro lado da cidade, como Montmartre, numa elevação.Obviamente, é do alto que pudemos obter algumas de nossas melhores fotos de Paris.
Bem em frente fica o Trocadéro com um espetacular conjunto de museus numa elevação no final do jardim.

As principais: atrações em Paris: Tour Eiffel

O conjunto de museus de Trocadéro

O Trocadéro, bem em frente à Tour Eiffel, de outro lado do rio Sena, é um vasto e imponente jardim. É, aliás, um dos melhores lugares de Paris para obter fotos da Tour Eiffel inteirinha, sem nada na frente.
Ainda mais, ficam no Trocadéro vários importantes museus, entre eles o badalado Musée de l’ Homme inteiramente reformado. Obrigatório para quem se interessa pelas origens do ser humano.

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é TROCADEREO-101.jpg
As principais: atrações em Paris: Trocadéro

Musée de l’Homme

Antes de mais nada, se curte antropologia, saiba que este é um dos mais espetaculares museus do mundo nessa área. Ou seja, trata-se de uma verdadeira viagem de 3,5 milhões de anos no tempo. Por meio de suas exposições e vídeos conferências, você acompanhará a longa estrada percorrida pela humanidade desde seus primórdios. Ficará sabendo sobre nossos ancestrais dos tempos anteriores à pedra lascada, como os australopitecos (Australopithecus)  e outros.

As principais: atrações em Paris

Musée de la Marine

Paris não deixa barato quando se trata de museus. O Museu da Marinha da capital francesa é, simplesmente, o mais interessante do mundo do gênero.
Suas coleções que abrangem assim diversos períodos históricos, abriga cerca de 2.000 maquetes de embarcações, desde as primeiras canoas neolíticas, até barcos do Império Egípcio, do período grego e romano, caravalelas, além dos primeiros navios a vapor e vasos de guerra.

Cité de l’Architecture et du Patrimoine

Relativamente novo, tendo aberto suas portas somente em 200, este museu, em razão de seu interesse atraia não apenas a arquitetos e pessoas ligadas em arquitetura. Ou seja, agrada igualmente ao visitante comum. Assim, ao visitar suas salas você se beneficiará de uma verdadeira aula sobre a arquitetura francesa desde a alta Idade Média (a partir do séulo XII principalmente) até tempos mais recentes.

As principais: atrações em Paris: Musée de l’ Archictetura em Trocadéro

Musée Guimet (Musée National des Arts Asiatiques)

Este museu não fica exatamente no Trocadéro. Mas, não importa, fica bem do lado, na Pl. de Iéna. Ele atrai sobretudo aqueles visitantes vidrados em artes asiáticas, como Ketty e eu. Suas coleções abragem objetos, pinturas, cerâmicas e tapeçarias de diferentes origens e períodos históricos. Ou seja, você irá se deparar com peças chinesas, coreas, indianas, afegã, paquistanesas, tibetanas e, algumas até mesmo de diferentes períodos pré-históricos.

As principais: atrações em Paris: Musée Guimet

Cité des Sciences et de l’Industrie, em la Villete

30, avenue Corentin Cariou A Cité des Sciences et de l’ Industrie é uma atração futurista um tanto afastada do centro. Ou seja, fica em La Vilette, a uns vinte minutos de metrô de Chatelet, no nordeste da cidade.
Embora seja uma atração que a criançada adora, a Cité des Sciences agrada também a diferentes públicos.

As principais: atrações em Paris: Cité des Sciences

Apesar de afastada do centro, a Cité des Sciences atrai pelo menos cinco milhões de visitantes por ano. Na verdade, boa parte deles são parisienses que frequentam o lugar, principalmente nos finais de semana. Normalmente almoçam e acabam passando o dia por lá. Por isso mesmo, o ideal é evitar a visita a Cité des Sciences nos finais de semana. Evidemente que turistas também visitam a atração, mas boa parte ignora a existência da Cité des Sciences.

As principais: atrações em Paris: Cité des Sciences

Há diversas experiências interativas, de divulgação de conhecimentos cientíticos de forma didática, com sons e imagens. Na Cité des Sciences pode-se ver ainda uma réplica de capsula espacial, um antigo submarino da marinha francesa, um planetário e um aquário. A Cité des Sciences possui também salas especiais destinadas a apresentações de filmes em terceira dimensão ou em telas 180 graus sobre temas ligados à vida no planeta.
Nossa sugestão é que, logo ao chegar você se informe no centro de informações sobre qual tipo de bilhetes deseja, já que há preços diferenciados dependendo das atrações que deseja visitar.

As principais: atrações em Paris

Paris é famosa por seus parques e jardins, lindos, principalmente na primavera e no outono. Como os jardins são espalhados pela cidade, não é possível reagrupá-los, como fizemos com a maioria das atrações. Mas, temos uma página inteira dedicada exclusivamente aos vastos e belos jardins parisienses.

Assuntos Relacionados:


Posts Relacionados

Os melhores Parques e Jardins de Paris – Guia Completo

Sonhos de Viagem

09 De Paris a Katmandu de carro – “A Vaca na Estrada” – A estrada para Kabul

Sonhos de Viagem

010 De Paris a Katmandu de carro – “A Vaca na Estrada” – De Kabul a Band-I-Amir

Sonhos de Viagem
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x