Europa

Turismo em Portugal: Cidade do Porto

Porto, na foz do Douro, junto do Atlântico, é a segunda maior cidade portuguesa e, igualmente, uma das mais belas. Francamente, ainda não me decidi se prefiro Lisboa ou a Cidade do Porto. Em suma, sou apaixonado pelas duas.
Numa das margens do Douro fica Porto, do outro lado do rio já é outro município – Villa Nova de Gaia, onde de fato ficam as vinícolas do famoso vinho do Porto. Assim, do Cais da Ribeira, na Cidade do Porto, junto do Douro, você já avista diversas vinícolas.

Turismo em Portugal: Cidade do Porto, Portugal

Porto é um centro antigo, conhecido como Cale, anterior à ocupação romana. Foram os romanos que transformaram a cidade em um importante e estratégio porto (Portus Calle), rodeado de muralhas, reforçadas posteriormente, na Idade Média, no século XII.

Turismo em Portugal: Cidade do Porto

Como ir para a Cidade do Porto

Do Brasil de avião  

Há voos diretos de Guarulhos para o Porto pela TAP (tempo de viagem: 11h) e outras companhias, como a Latam. Assim, nossa sugestão é que você pesquise, compare os preços com seu agente de viagens. A grande maioria dos voos, porém, são com conexão em Lisboa.

De avião de outras cidades europeias

O Porto possui igualmente ligações aéreas diretas com as principais cidades europeias, como Paris, Londres e muitas outras. Muitas vezes existem voos em promoção de diferentes companhias aéreas que atuam na Europa. Infelizmente, porém, quase sempre, com escalas.

Turismo em Portugal: há voos diários do Brasil para Lisboa partindo de Guarulhos

Algumas dessas escalas são cansativas. Saiba, porém, em primeiro lugar, que certos voos promocionais, podem compensar pelo preço. O que nós do Canal do Youtube “Sonhos de Viagem” costumamos fazer é fuçar na internet, principalmente de madrugada, quando aparecem boas promoções.

Opções a partir de Lisboa

Se for muito difícil achar um voo em condições interessantes para a Cidade do Porto, encontre algo para Lisboa e pegue uma conexão para o Porto.
Da capital até Porto são uns 300 km. Assim, você pode, igualmente, alugar um carro no próprio aeroporto, como nós fizemos.

Turismo em Portugal:cCarro: nossa opção nessa viagem

De Lisboa é possível, ainda mais, tomar um trem (comboio, pá!) ou um ônibus da Rede Nacional de Expressos até a Cidade do Porto. Há partidas de meia em meia hora se você optar pelo ônibus. O trem oferece igualmente vários horários diários, entre as duas cidades. Entretanto, possui menos opções do que os ônibus.

Turismo em Portugal: trem, uma ótima opção entre Lisboa e Porto

Há trens super modernos, de alta velocidade, chamados Alfa Pendular que fazem essa viagem em apenas 2h45 minutos. Eles partem da estação Entrecampos, em Lisboa, e chegam na estação Campanhã na Cidade do Porto. É preciso, porém, reservar.

Atrações na Cidade do Porto

Embora a Cidade do Porto seja grande, é possível conhecer praticamente todo o centro histórico a pé, incluindo o bairro da Ribeira, que margeia o Douro. Para visitar as demais atrações é melhor, entretanto, tomar um táxi ou usar transporte público. O sistema de transporte da Cidade do Porto é bastante eficiente e igualmente muito prático. Ou seja, Porto dispõe de uma moderna rede de metrô e inúmeras linhas de ônibus e bondes (eléctricos) que servem toda a cidade.

Turismo em Portugal: a cidade do Porto oferece um sistema de transporte urbano de qualidade

Mesmo para quem gosta de andar, como é nosso caso, o relevo acidentado da cidade não é nada convidativo para caminhadas muito longas. Dessa forma, algumas ladeiras eram realmente cansativas. Em muitas cidades planas no mundo inteiro, andávamos horas seguidas, na cidade do Porto, porém, não aguentamos o tranco…

Centro histórico do Porto

Embora Porto seja a segunda maior cidade de Portugal, é possível conhecer o centro histórico a pé, e esticar o passeio até bairro da Ribeira, junto do Rio Douro. Para visitar as atrações em outros bairros tomamos um táxi, utilizamos a excelente rede de metrô, ou tomamos ônibus.

Turismo em Portugal: Cidade do Porto

A Cidade do Porto não é apenas bela, é igualmente cheia de atrações no centro e arredores. Porto, grandinha, tem um interessante centro histórico. Assim, ali concentram-se imóveis seculares, museus, antigas igrejas e palácios. Logo, ótima região da cidade para flanar sem pressa. Afinal, foi, com boas razões, declarado Patrimônio Mundial pela Unesco.

Cais da Ribeira

O Cais da Ribeira, junto ao Douro é, talvez, a mais linda região da cidade, com antigos imóveis às margens do rio, subindo em terraços até a parte alta. Para descer é fácil, duro, porém, é encarar as ladeiras. Por isso mesmo, existe um prático elevador ligando a Ribeira à parte alta da cidade. Nossa dica, portanto, é: desça a pé e suba de elevador…
Na outra margem fica Vila Nova de Gaia, e as vinícolas.

Turismo em Portugal: Cais da Ribeira

Ao descer para o Cais da Ribeira deparamos, às margens do Douro, com as antigas embarcarções que transportavam os vinhos dos vinhedos até Vila Nova de Gaia. São super pitorescas. Hoje, entretanto, estão ali mais para enfeitar e encantar os turistas, já que o transporte do vinho está sendo feito por caminhões.

Turismo em Portugal: as antigas embarcaçõe que transportavam vinho do Porto

As pontes do Douro

Essa região da Cidade do Porto é, não apenas agradável para se flanar. É igualmente um lugar para se almoçar ou tomar uma taça de vinho e admirar as enormes pontes que ligam as duas margens.
Assim, é o caso da Ponte de D. Maria Pia, com 61 metros de altura e mais de 360 de comprimento. Trata-se de uma infraestrutura metálica onde, até 1991, corria a Linha Férra do Norte sobre o Douro, entre Porto  e Vila Nova de Gaia. Essa magnífica ponte, projeto de Gustave Eiffel (sim, esse mesmo, o da Tour Eiffel, em Paris), foi concluída em novembro de 1877.

Vila Nova de Gaia

Você pode, inclusive, atravessar a ponte a pé, o que nós mesmo fizemos e recomendamos. Assim, caminhando, em menos de quinze mintuos, já estávamos em Villa Nova de Gaia. Dessa forma, do outro lado do Douro pudemos fazer fotos panorâmicas do rio, do Cais da Ribeira e das vinícolas de Villa Nova de Gaia, que armazenam os famosos vinhos do Porto.

Turismo em Portugal: Villa Nova de Gaia, à esqurda, em frente ao Cais da Ribeira

Há várias pontes, procure visitar ao menos uma delas, se possível a de Dona Maria Pia, já mencionada. Já do outro lado do rio, em Villa Nova de Gaia aproveite para participar de uma degustação ou mesmo comprar uma garrafa. Em suma, para quem gosta de vinho, como nós, foi um programão.

Mercado Bolhão

R. Formosa. Como todo mundo deve ter percebido em outras postagens em diferentes países, Ketty e eu adoramos perambular por mercados. Assim igualmente o fizemos, na Cidade do Porto. O Bolhão é, entretanto, um mercado frequentado principalmente pela população local da Cidade do Porto, antes, portanto, de se tornar uma atração turística.

Turismo em Portugal: Mercado Bolão, na Cidade do Porto

O mercado vende principalmente frutas, legumes, queijos, pescados, e outros produtos de alimentação, sempre muito frescos e de qualidade. O Mercado Bolhão, porém, possui igualmente lojas de tecidos, vestuário, perfumes etc. Ou seja, um pouco de tudo.
Aliás, esse mercado chama igualmente a atenção do visitante por sua aquitetura monumental, neo-clássica.

Palácio da Bolsa

R. Ferreira Borges. O palácio em estilo neo-clássico, que pode ser visitado, é utilizado para vários tipos de eventos, festas e recepções oficiais.
Embora abrigue coleções de pinturas e esculturas, a principal atração, porém, é mesmo o próprio palácio, sobretudo o Salão Árabe e o Palácio das Nações. 

Igrejas

Catedral da Sé

Terreiro da Sé. A catedral da Sé da Cidade do Porto, foi construída no século XII, em plena Idade Média, a mando de Dom Henrique de Borgonha. Entre as grandes igrejas de Portugal, é portanto, uma das mais antigas.
A Sé do Porto não tem hoje o mesmo aspecto de quando foi construída, já que passou por sucessivas reformas, que alteraram seu estilo românico original.

Turismo em Portugal: Sé, Cidade do Porto

Ou seja, acabou ganhando detalhes barrocos na sua fachada e, igualmente, no seu interior. Nos chamou a atenção, antes de mais nada, o claustro gótico, com belos azulejos. Aliás, foi do caustro que subimos para a capela de onde se tem um visual privilegiado da cidade.

Passando a perna em Napoleão

Uma curiosidade: quando as tropas de Napoleão invadiram a cidade em 1809, os portugueses, já prevendo o saque que viria, colocaram tudo o que tinham de mais precioso atrás de uma parede construída às pressas (foram eles que inventaram as dry wall?), tapeando os franceses.

Igreja de São Francisco

R. Infante Dom Henrique. Essa é outra igreja bem antiga, erguida no século XIV, em estilo românico. Posteriormente, sucessivas reformas foram alterando seu estilo, um processo de transformação semelhante à da maioria das igrejas de Portugal. Assim, como as demais, virou gótica e depois barroca.

Turismo em Portugal: Igreja de São Francisco

No século XVII o interior do templo acompanhou igualmente a onda do barroco rococó, com altares enfeitados por detalhes em ouro, metal saído das minas brasileiras, diga-se de passagem. Ou seja, são apenas umas centenas de quilos…
A igreja abriga em seu subsolo catacumbas de franciscanos e de nobres.

Igreja e Torre dos Clérigos

Igualmente em estilo barroco, essa igreja da Irmandade dos Clérigos, teve sua construção iniciada em 1732. As obras, entretanto, se estenderam por mais de quarenta anos. O conjunto, em estilo barroco tardio, é formado pela Igreja dos Clérigos, a Torre dos Clérigos e a Casa da Irmandade.

Turismo em Portugal: Igreja e Torre dos Clérigos

O mais interessante nessa igreja é, porém, sua torre, que destoa da Casa da Irmandade. bem despojada. A torre, com cerca de 75 metros de altura, é considerada a mais alta de Portugal. Assim, oferece uma vista única do rio Douro, de Villa Nova de Gaia e do centro histórico. Preferimos avisar: não tem elevador. Ou seja, é programa para quem se sente em forma e quer compensar os calóricos e tentadores docinhos de ovos portugueses.

Capela das Almas (ou Capela de Santa Catarina)

Capela das Almas, igualmente conhecida como Capela de Santa Catarina, foi erguida no século XVIII, no local onde já existia uma capela mais antiga, de madeira. A capela é inteiramente recoberta por azulejos, num total de 15.947 peças. Podemos estar errados, confira, por favor…

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é portugal-porto-igreja-azulejos.jpg
Turismo em Portugal: Capela das Almas, Cidade do Porto

O mais curioso é que, até o ano de 1929, todas paredes externas da capela eram simplesmente rebocadas, sem graça, sem nenhum tipo de revestimento. Hoje, porém, os azulejos da fachada e, igualmente, os da lateral do templo recobrem uma superfície de 360 metros quadrados, tendo como tema a vida de Santa Catarina, e de São Francisco de Assis.

Museus

Museu Nacional Soares dos Reis

Palácio dos Carrancas – R. D. Manuel II, 56. Esse museu, abriga um rico acervo que inclui pinturas, bronzes, peças de mobiliário antigas, pratarias e cerâmicas. As peças são proveniente de ordens religiosas dissolvidas pelo marquês de Pombal. Instalado no Palácio das Carrancas, é o mais antigo museu de arte lusitano. “O Desterrado”, obra prima de Antonio Soares, é a escultura mais famosa do Museu.
Museu Nacional de Soares dos Reis 

Fundação de Serralves

R. D. João de Castro, 210. Esse é um dos mais importantes museus de arte contemporânea de Portugal. Além de seu acervo permanente, que engloba pinturas e esculturas de diferentes artistas, acolhe igualmente exposições temporárias bem interessantes.

Turismo em Portugal: Fundação de Serralves

Assim, em primeiro lugar, nossa dica é procurar informar-se no site da instituição sobre o cronograma de exposições para saber o que está rolando.
O museu fica no meio de belos jardins, onde se destaca o solar Art-Deco Casa de Serralves, da década de 1939. Fundação de Serralves

Casa-Museu Guerra Junqueiro

R. Dom Hugo, 32. Abílio Manuel Guerra Junqueiro (1850-1923), um dos grandes poetas portugueses, morou no imóvel na frente da Igreja da Sé. A residência do poeta foi posteriormente tranformada em um museu que abriga suas coleções pessoais de pinturas, móveis, cerâmicas, arte sacra e islâmica.
O poeta teve ativa participação na derrubada da corrupta monarquia lusa.

Turismo em Portugal: Casa- Museu Guerra Junqiero. na Cidade do Porto

Museu do Carro Eléctrico

Alameda Basílio Teles, 51. Nosso lado criança bateu palmas para esse museu fundado em 1912, e que atrai não apenas a meninada, mas, igualmente, adultos interessados pelo assunto. O Museu do Carro Eléctrico, montado pela Sociedade de Transportes Colectivos do Porto, funciona numa antiga central termo elétrica da cidade e conseguiu reunir um acervo super interessante de veículos elétricos e de tração animal.

Turismo em Portugal: Museu do carro elétrico na Cidade do Porto

Seus antigos bondes (ou seja, os “eléctricos”, como se diz em Portugal), são bem interessantes. Entre eles há um veículo de tração animal, puxado por cavalos e que entrou em serviço em 1832. Os bondes elétricos mais antigos exibidos nesse museu foram construídos no final do seculo XIX.
Museu do Carro Eléctrico

Museu Romântico da Quinta da Macieirinha

R. de Entrequintas, 220. Esse museu rodeado de jardins, repleto de peças de decorações, pinturas e móveis antigos, tem uma particularidade incomum entre os museus lusitanos. Ou seja, nele funciona igualmente o Instituto do Vinho do Porto, com um bar no térreo aberto à degustação, que os amantes da nobre bebida vão amar. Foi uma boa surpresa para nós! Enfim, foi uma chance única de saber mais sobre sobre esse vinho famoso.

Turismo em Portugal: Museu Romântico da Quinta da Macieirinha

São mais de 150 variedades de vinhos de diversos rótulos, das mais importantes vinícolas da região. A maior parte dos vinhos que provamos era tinto, mas existem igualmente brancos, excelentes. Se você tomar apenas algumas gotas de cada um sairá de lá cercando galinhas…

Estação de São Bento

Pça. Almeida Garret. Essa estação de trens é uma surpresa. É quase um museu do azulejo. Seus painéis azulejados, que cobrem uma superfície de 550 m2, abordam os mais diferentes temas, como a entrada de Dom João I na cidade do Porto e a história dos transportes em Portugal.

Turismo em Portugal: Estação São Bento, Porto

Livraria Lello e Irmão

 R. das Carmelitas, 144. Uma livraria, atração turística? Pois é, a Lello, na rua dos Clérigos, é muito especial. Em suma, um prato cheio para quem, como nós, curte livros. São 60 mil títulos com todo tipo de obras. Assim, compramos pelo menos dois. Eu, particularmente, me divirto com a linguagem dos livros portugueses, com linguajar incomum para nós. Às vezes me deparo com palavras cuja significação ignoro.

Turismo em Portugal: Livraria Leelo, Cidade do Porto

A Lello foi fundada em 1869, pelo francês Esnet Chardron. A livraria funciona em um construção neogótica, com uma linda fachada. O interior é, igualmente, um charme, com seu vitral e sua escadaria de madeira esculpida. Aproveitamos nessa visita para beber algo em sua cafeteria, muito agradável, com mesinhas.

Atrações nos arredores do Porto

Um dos passeios mais lindos que fizemos é, tomando um barco no Cais da Ribeira, subir uma parte do Douro, com vistas espetaculares dos vinhedos, encosta acima. Você pode, igualmente, fazer esse passeio de carro, entretanto, pelo rio é, muito mais interessante.

Turismo em Portugal: vinha do Douro

A bordo de um barco você pode, portanto, admirar a paisagem sem se preocupar com as surpresas da estradinha sinuosa, que acompanha o rio, e sem correr o risco de despencar lá de cima. No Cais da Ribeira você encontrará empresas que organizam esses cruzeiros.
Posto de Turismo da Cidade do Porto: Rua Clube dos Fenianos, 25
www.visitporto.travel

ASSUNTOS RELACIONADOS:

1 – Turismo em Portugal – Roteiro de viagem
2 –Turismo em Portugal: Algarve, o início da viagem
3- Turismo em Portugal: do Algarve a Caminha pelo litoral 
4- Turismo em Portugal: Cidade do Porto 
5 – Turismo em Portugal: Valença do Minho a Lisboa
6 – Turismo em Portugal: o Alentejo 
7- Turismo em Portugal: Lisboa 
8 – Turismo em Portugal: atrações em Lisboa
  9- Os portugueses, nossos irmãos do ultramar

Posts Relacionados

045 De Paris a Katmandu de carro – “A Vaca na Estrada” – O caminho de volta

Sonhos de Viagem

014 De Paris a Katmandu de carro – “A Vaca na Estrada” – Lahore

Sonhos de Viagem

Os portugueses, nossos irmãos do ultramar

Sonhos de Viagem
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x