Ásia

Compras em Katmandu, no Nepal

Você adora umas comprinhas? Desde já, portanto, pense em deixar espaço na sua bagagem para acomodar suas compras em Katmandu. Muita gente, quando viaja, acaba fazendo umas compras, mesmo os não consumistas inveterados. Outros acham que compras é um dos aspectos importantes de qualquer viagem. Assim, já tomam o avião já pensando no que vão encontrar.

Compras em Katmandu, no Nepal

Antes de mais nada, não espere que essas lojinhas onde você vai fazer suas compras em Katmandu tenham o mesmo aspecto chique das grandes lojas de shoppings brasileiros ou de boutique em bairros finos em nossas grande cidades. Nem as lojas, nem os vendedores são sofisticados. Do mesmo modo, nem todos falam um inglês muito claro.

Compras em Katmandu: o que comprar, como comprar

Decoração

Enfim, vendem um pouco de tudo quanto é artesanato, roupas principalmente, mantas e também objetos de decoração em madeira ou bronze. Você, portanto, se perde um pouco. Dessa forma, o ideal é dar uma passeada pelo Thamel e ir localizando o que lhe agrada, sem comprar nada de cara. Assim, como uma boa ideia dos preços praticados em cada lugar você escolhe as lojas com melhor relação preço-qualidade.

Compras em Katmandu, Nepal: tem de tudo

Considere também volume e peso ao fazer compras em Katmandu

Desde já lembre-se que muitos objetos lindos de decoração, além de pesados, são quebráveis, principalmente os de cerâmica. Você pode, entretanto, despachar pelo correio os mais volumosos e pesados. Saiba, porém, que, às vezes peças mesmo muito bem embaladas chegam no Brasil rachadas ou até mesmo em pedaços. Antes de mais nada, considere que o envio por via aérea é salgado. Por navio demora uns dois meses para chegar ao Brasil. O Nepal não tem mar. Portanto, sua encomenda irá de caminhão para Calcutá, na Índia e de lá embarcada para o Brasil.

Como evitar ser taxado

Eventualmente alguns são taxados por nossa alfândega, sobretudo tapetes. Assim, tudo depende também como você declara suas compras. Desse modo, se você comprar uma linda estátua de bronze ou uma pintura, como as famosas tangkas de motivação budista, com divindades ou mandalas, e declarar como “artesanato” provavelmente não pagará imposto algum. 

Compras em Katmandu: Tanka (ou tangka) tibetana

Se declarar “peças de arte” é muito mais fácil que resolvam taxar. E, na verdade, essas peças são todas reproduções, ou seja, de fato, é mais exato considera-las como artesanato. Aliás, dessa forma, classificadas como “artesanato”, raramente você terá que pagar taxas de importação.

Estatuetas e máscaras

Conforme seu gosto por decoração, se curte um toque exótico na sua casa, nessas lojinhas você encontra lindas esculturas de madeiras e principalmente máscaras. Normalmente, essas elaboradas máscaras artesanais coloridas, que representam divindades, resultam em belos efeitos decorativos.

Compras em Katmandu, Nepal: máscaras hinduístas

Algumas têm um aspecto que chega a ser assustador. Segundo pesquisamos, são geralmente avatares de Kali ou Bhairavi (diferente formas que uma divindade pode assumir no hinduísmo). As duas máscaras abaixo, do lado direito, você pode dar de presente para algum amigo secreto se você for sorteado com o chato da turma…

Compras em Katmandu, Nepal: máscaras

Barganhe sempre!

Barganhe sempre. A maioria dos lojistas, desde que notam que você é turista, podem pedir entre 50% ou até o dobro do valor real da peça. Evite demonstrar muito interesse por uma roupa ou objeto qualquer. Compras em Katmandu é um jogo. Podem rir, mas tenho a impressão que irão se ofender se você aceitar de cara o primeiro preço!

Compras em Katmandu: roupas

A maioria das roupas à venda no comércio do Thamel destina-se a climas mais frios do que os brasileiros, sobretudo no Rio de Janeiro e estados mais ao norte. Se você não tem costume de viajar para países frios vai utiliza-las raramente. Há, porém, túnicas leves bem transadas e adequadas ao clima brasileiro. 

Compras em Katmandu, Nepal: roupas diferentes, mas não demasiadamente exóticas, se você não for do tipo conservador…

Muitas roupas em Katmandu são bem exóticas

O que nos chamou a atenção, passeando por Katmandu, é que a grande maioria dos nepaleses costuma usar roupas comuns, em nada parecidas com as penduradas nas portas das lojas. Dessa forma, são direcionadas expressamente ao turismo.
Muitas, igualmente, são exóticas, dificilmente você as utilizará no Brasil. Muitos vão se perguntar: onde vou andar com esse tipo de roupa? Onde fica a colônia hippie mais próxima…? E, por outro lado, os casacos de lã principalmente, tomam muito espaço na mala. Alguns, entretanto, são diferentes, mas você não precisa ser um out-sider para utiliza-los.

Compras em Katmandu, no Nepal: as túnicas de lã

Compra em Katmandu: roupas de lã

Das chamadas roupas para frio, o que vale a pena são os pulôveres de cachemira ou de pashmaminas (mais comuns em forma de chales). A cachemira é uma lã bastante leve da barriga de filhotes de ovelha, mas quente e deliciosa no corpo. 

Compras em Katmandu: algumas roupas mais comportadinhas

Compras em Katmandu, no Nepal: pashmina

 A pashmina é ainda mais leve, de incrível suavidade e menos quentes. Outra vantagem da cachemira e da pashumina é que não tomam muito espaço na mala e não pesam. Tipo de roupa perfeita para quem costuma viajar para climas temperados ou frios.
Embora muitas roupas nepalesas sejam demasiadamente espalhafatosas e super coloridas, você encontra pulôveres de cachemira em tons sóbrios (negro, azul-marinho, cinza etc), bem elegantes.

Compras em Katmandu: lenços

Compras em Katmandu, no Nepal: lenços bem charmosos

Muitas mulheres e mesmo homens curtem um lenço de pescoço (foulard) que pode, perfeitamente ser utilizado como um toque de charme e elegância. Em Katmandu você encontra lenços de pashmina bem chiques, mas também alguns bonitos de algodão, mais baratos.

Compras em Katmandu: túnicas de todo tipo

Vai deparar também com túnicas bem originais, mas em tons discretos, que não chocarão ninguém. Camisetas também. Algumas tem imagens de Kali, que chegam a ser assustadoras, outras, porém, são discretas. Quase todas são unissex. Nós, por exemplo, temos algumas que servem para nós dois. Como procuramos viajar com o mínimo de bagagem são práticas, levamos no máximo 4 peças desse tipo de roupa.

Compras em Katmandu: túnicas

 Outro tipo de roupa que podem ser usadas no Brasil são camisetas com estampadas que recordem sua viagem ao Nepal. Nós, Ketty e eu, por exemplo, evitamos, porém, aquelas com estampas exageradas. Afinal, dificilmente poderemos em nosso dia-a-dia utilizar no Brasil uma camiseta com uma carranca assustadora de Bhairavi…

Compras em Katmandu: camisetas

Outro tipo de compra que pode valer a pena para quem não é fanático pelas Louis Vitton da vida e quer algo original e em conta, são as bolsas. Os nepales são criativos. Assim, os modelos são os mais variados, das mais discretas às mais chamativas.

Compra em Katmandu: bolsas de todo tipo

Compras em Katmandu: e os preços?

 Tudo é incrivelmente barato! Assim, uma blusa de cachemira custa em torno de $ 15,00 ou pouco mais. Um lenço lindão custa em torno de $ 5 dólares. Os de pashmina pura, entretanto, são um pouco mais caros. Tudo depende de sua capacidade de negociação… Bijuteria de prata que a mulherada gosta também têm preços tentadores. Como eu já mencionei, a grande maioria das lojas vendem roupas espalhafatosas demais. Dessa forma, você encontra roupas discretas e vestimenta comuns ocidentais, como  jeans, por exemplo. Um jeans americano Kevin Klein me custou apenas 15 dólares! 

Concluindo, prepara-se: se vier ao Nepal, algumas comprinhas você vai se sentir obrigado a fazer…

Acompanhe a Viagem no Nosso Canal no Youtube

BLOGS DE TURISMO SOBRE O NEPAL

Relato de viagem, de Paris ao Nepal Viagem para Katmandu, capital nepalesa * Compras em Katmandu, Nepal

VÍDEOS DE TURISMO SOBRE O NEPAL

Passeios pelo Vale de Katmandu Pokhara, no Nepal, aos pés do Himalaia * Bhaktapur, a Idade Média Nepalesa
Patan, cidade medieval no Vale de Katmandu

DICAS DE VIAGEM: O que você precisa pensar

Blogs

*  Viajar sozinho ou acompanhado? Que línguas você fala?Lidar com dinheiro em viagem * Qual a melhor época do ano para se viajar * 
* Mulheres viajando sozinhas: dá para encarar? Viajar de carro pelo mundo * Viajar avião: as dicas 
* Como planejar e organizar sua viagem

Vídeos

 Como escolher o destino que combina com você? (vídeo) * A bagagem certa para cada viagem
 * Quanto tempo você dispõe para sua viagem  * Como viajar barato pelo mundo? 
 * Melhores aplicativos de viagem
A importância de uma nécessaire de utilitários 
Dicas de livros para ler durante uma pandemia ou fora dela

Está querendo viajar? Então, que tal ir pensando onde se hospedar nos lugares que pretende visitar? Escolha e reserve seu hotel

Nossa filosofia de viagem

Todos nossos vídeos têm o turismo como tema. Assim também, temas correlatos, como “gastronomia em viagem” ou “vinhos em viagem” que igualmente se enquadram no tópico turismo. Nossos vídeos refletem nossa filosofia de viagem e de vida. Portanto, quando viajamos, não queremos apenas visitar atrações turísticas ou curtir belas paisagens. Afinal, isso é parte importante da viagem, sem sombra de dúvida. Curtimos, porém, conhecer a cultura, costumes, a gastronomia do país, sua arquitetura, sua produção artística e sua religião.

Veja nosso Índice Geral de Matérias e VídeosVocê vai viajar…

Aeroporto de Estocolmo. Uma frase passava pelo painel, no alto, cada vez em um idioma. “Sou um cidadão do mundo, minha pátria é em todo lugar“.

Posts Relacionados

033 De Paris a Katmandu de carro – “A Vaca na Estrada” – Nepal na História

Sonhos de Viagem

034 De Paris a Katmandu de carro – “A Vaca na Estrada” – Os confrades mochileiros

Sonhos de Viagem

036 De Paris a Katmandu de carro – “A Vaca na Estrada” – Os meninos de rua de Katmandu

Sonhos de Viagem
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x