Dicas de Viagem

Viajar de carro pelo mundo

Viajar de carro é uma das nossas preferências para circular em muitos países. Em outros, porém, nem pensar. 

Viajando de carro na Itália: uma boa

Viagens de automóvel têm um gostinho de aventura!

Muitas de minhas melhores viagens fiz de carro. Assim, já saímos do Brasil com carro próprio para circular pela Argentina e Chile. Essa é uma viagem de carro que recomendo sempre. É tranquilo, você não tem muitos problemas com a comunicação caso precise pedir uma informação. As estradas são boas e menos movimentadas do que no Brasil. Igualmente, já alugamos carro na Europa e Estados Unidos.
Fizemos, o mesmo na Índia, mas com motorista.

Grandes e inesquecíveis viagens

Tive oportunidade de viajar de carro de de Paris ao Mar Vermelho. Posteriormente resolvi partir para uma mega-aventura: viajar de carro da capital francesa a Katmandu. Fiz essa viagem de carro com um amigo francês em um pequeno Renault.
Assim, encaramos os desérticos asiáticos, paisagens grandiosas de montanha, atravessamos países longínquos e culturas exóticas. Já guiei no Paquistão e Índia, onde a mão é à esquerda, o volante à direita. Uma experiência infernal… Mas, fazer o que? Viajar de carro pelo mundo é isso. Afinal, L’ Aventure c`est l`aventure !

Viajar de carro pelo mundo: onde estacionar num lugar assim?

De carro pelo mundo: automóvel em cidade grande: um elefante branco

Antes de mais nada, preferimos avisar: numa cidade grande que você não conhece, não acha onde estacionar e com trânsito confuso, o carro se torna um elefante branco. Esteja você em NY, em Paris em Nápoles ou em Nova Delhi! Provavelmente ficará estacionado a maior parte do tempo. E você pagando o aluguel do carro e igualmente o estacionamento! Portanto, se vamos passar uns cinco dias numa grande cidade, tomamos transporte público. Enfim, para percorrer o interior da Itália ou da França, sobretudo nos alojando em cidades pequenas, alugar automóvel foi uma boa. Na Ásia igualmente, em países como Índia e Tailândia, o estacionamento nas grandes cidades é um problema. E, ainda mais, o trânsito em cidades como Nova Delhi ou Bangkok é simplesmente infernal!

Viajar de carro pelo mundo: Também na Tailândia estacionar é um problema

O problema de estacionamento

Claro, nas grandes metrópoles a situação é ainda mais séria. Mas o estacionamento continua a ser um pepino mesmo em pequenas cidades históricas, onde, igualmente, é proibido circular de carro pelo centro antigo.

O dilema do estacionamento com máquinas

Na Europa, por exemplo, há estacionamentos, mas em muitos você paga adiantadamente para estacionar seu carro durante duas horas, digamos. Sai para visitar o lugar, resolve almoçar e fica naquele stress, como medo de ultrapassar o tempo estipulado na maquininha e ser multado.
Da mesma forma, você escolhe ficar nesse estacionamento por um período bem mais longo, paga mais caro. Depois descobre que o centro histórico, onde ficam quase todas as atrações, é minúsculo. Assim, acaba voltando para o veículo antes do previsto e perde o que pagou pelo estacionamento.

Um outro tipo de estacionamento, o que eu preferia, era um onde eu pegava um ticket na maquininha com a hora que entrei. Ao sair acertava na cabine o valor a pagar.

Viajar de carro pelo mundo: estacionamento, um problema em todo lugar

Dicas sobre viajar de carro

Planejamento da viagem

  • Providencie sua carta internacional. Nem sempre ela é exigida, por outro lado, pode ser muito útil em caso de acidente. 
  • O ideal numa viagem de carro é que, se forem dois amigos ou um casal, ambos saberem dirigir, como é o nosso caso. Enquanto um guia, o “passageiro”, esse que fica no “lugar do morto” deve atuar como coo-piloto, acompanhando o GPS, olhando mo mapa, as placas rodoviárias etc.
  • Trace um roteiro com distâncias entre as cidades pelas quais você irá passar. Da mesma forma, pode mescla-lo, se quiser com um cronograma.
  • Igualmente importante, se vai viajar de carro, é comprar mapas e instale um GPS no veículo.

Reserva do veículo

  • Pelo menos uma semana antes de sua viagem compare preços de locação na Internet. Antes de mais nada, dê uma olhada no seu cronograma. Afinal, alugar direto por períodos mais longos só vale a pena se você não for ficar muito tempo em uma cidade.
    Em grandes metrópoles e em muitas cidades históricas não vale a pena rodar de carro.
  • Estude os sinais de trânsito do país que você vai viajar de carro.
Viajar de carro: Sinalização em uma auto-estrada italiana
  • Leia bem o contrato, peça uma cópia, verifique muito bem se o carro tem cobertura em caso de acidentes. Igualmente, veja se o seguro cobre danos a terceiros etc. Tenha por escrito tudo bem detalhado.
  • Quando for viajar de carro verifique primeiramente se suas malas são compatíveis como tamanho do porta-mala do veículo. Se não couberem terão que ficar no banco, visíveis. Mesmo na Europa você corre o risco de ser roubado.
    Assim também, se estiver viajando com amigos, cada um deve entender que não é possível viajar com excesso de bagagem.

Durante a viagem

  • Procure, se possível, se for viajar de carro, reservar hotel em cada cidade em que pretende parar para dormir. Isso vale principalmente se você pretende fazer longos percursos de automóvel, como, por exemplo de São Paulo ao sul do Chile. Guiar muitas horas, chegar cansado em uma cidade e ainda ter que sair procurando hotel, é estressante.
  • Para viajar com carro próprio é indicado mandar fazer uma revisão geral no veículo. Verifique também o estado dos pneus.
  • Em regiões desérticas como o Atacama, a Patagônia, na América do Sul, ou o Rajastão, na Índia, verifique a autonomia do veículo. Igualmente, poupe gasolina e cheque qual é a distância entre um posto de gasolina e outro. Da mesma forma, é recomendável sempre encher o tanque, mesmo que esteja acima da metade.
  • Já acampei, em viagens de carro pela América do Sul, Europa e no Oriente Médio. Dois casais no carro, tralha no bagageiro, mas foi uma boa. Assim, se for viajar de carro acampando, veja antes de mais nada na Internet onde há campings em seu roteiro.
Viajando de carro pela Índia, trecho da viagem de Paris a Katmandu de automóvel

Viagem de carro na América do Sul

Viajar de carro na América do Sul é nossa preferência. Já fiz duas com meu carro, de São Paulo a Argentina e Chile. Foi super tranqüilo. Da mesma forma, em outras viagens aluguei carros tanto na Argentina como no Chile e sempre foi uma ótima experiência. As estradas são boas, há pouco trânsito, na Patagônia principalmente.

Carro na Argentina

Igualmente, valeu muito a pena ter alugado carro na Quebrada de Humauaca, no Noroeste da Argentina. O automóvel nos deu incrível mobilidade. Além disso, a viagem de carro (e de moto também) é a única que lhe permite parar para fotografar lagos e montanhas nevadas e curtir vistas maravilhosas.
Se você alugar um carro na Argentina por exemplo, pode cruzar para o Chile. Será preciso somente que avise ao alugar, que pretende atravessar a fronteira. Assim, a locadora lhe fornecerá, sem custos, um documento para aduana.

Viajar de carro pelo mundo: Chile, Torres del Paine

Para os demais países sul-americanos, com exceção do Uruguai, viajar de carro pode não ser uma boa. Queremos lembrar que o furto de veículos são comuns no Peru e Bolívia. Do mesmo modo, as estradas não são tão boas como na Argentina ou Chile.

Viajar de carro na Europa

Viajar de carro pode significar liberdade de movimentos

Normalmente, viajar de carro sai um pouco mais cara do que utilizando transportes públicos, exceto para grupos que dividem gasolina e aluguel. Alguns países merecem ser incluídos num roteiro para se viajar de carro pela Europa: a Itália, a França, Portugal e Espanha.
Na Itália, por exemplo, chegamos até lindos vilarejos pendurados nas montanhas junto do Lago Maggiore. Assim também, em Portugal, visitamos a Serra da Estrela e chegamos a pitorescas aldeias esquecidas no alto da serra. Nesses países (em toda a Europa, aliás) há castelos, cidadezinhas e múltiplas atrações, não longe umas das outras.

Viajar de carro pelo mundo, nossa preferência. Ketty dirigindo na Itália

Tempo e um certo capital são importantes para se viajar de carro

Várias razões nos levam a considerar a viagem de carro como uma das melhores opções para percorrer o continente europeu. Mas não é para todo mundo… É para quem tem tempo e alguma tranquilidade financeira. Ou melhor, carro sai caro para uma pessoa, mais ou menos caro para duas pessoas e relativamente barato para quatro. Nesse caso é preciso que todos disponham de tempo para a aventura. Assim, discutir itinerário antes é uma boa.

A vantagem de viajar de carro pela Europa

Viajar de carro pelo mundo: na Itália, tudo de bom!

Assim também, eu recomendaria o carro como meio de transporte em viagem mais igualmente em ilhas maiores. É o caso da Córsega e Sicília, viagens inesquecíveis que fiz de automóvel.
A maior dificuldade na Europa é conseguir se orientar. Em cada cruzamento há dezenas de placas indicando os mais variados destinos. Assim, pense em ter mapas e se possível, igualmente um GPS do país.

Viagem de carro pelo mundo: na Europa: o frentista é você

Outra coisa: poucos postos europeus têm frentistas, quem terá que encher o tanque do carro será, quase sempre, você mesmo. Há luvas à disposição junto das bombas, utilize-as. Talvez você não tenha prática como frentista e, ter e mão melada de gasolina, não é nada agradável. Se alguém estiver fumando no carro apague o cigarro antes de entrarem no posto!

Viajar de carro na Ásia

Viajar de carro pelo mundo: na Índia: melhor contratar motorista!

Na Índia, vamos repetir: alugue carro com motorista. Viajar de carro na Índia, se você mesmo tiver que dirigir o veículo, não é recomendável. Antes de mais nada, o carro que você alugará terá volante do lado direito. E a mão é inglesa, à esquerda. Você tem prática em guiar na mão inglesa? Na Índia já guiei carro francês, com direção igual aos automóveis brasileiros quando fiz uma viagem de carro de Paris a Katmandu. Garanto que toda ultrapassagem que fizemos foi perigosa. O motorista precisa ter um coo-piloto que lhe indique quando ultrapassar.

O problema é que as estradas indianas são estreitas e às vezes, há animais na pista.
Saiba também, antes de mais nada, que as leis de trânsito indianas são precisas: o veículo menor sai da frente depressa!

Viagem de carro pelo mundo: na Índia. Só cabe um, como fazer?

Os perrengues de uma viagem de carro pela Índia

Some-se a isso a dificuldade de comunicação. Nem todo mundo fala inglês. Logo, o melhor na Índia é alugar carro com motorista. Não é caro. Mas, fique atento com seu motorista. Peça que não corra. Insista nisso. Prefira motoristas mais maduros.
Mesmo assim há muitos acidentes, muitas vezes colisão com animais. Desde já aviso: muita gente perde a vida num acidente desses. Vi no deserto da Jordânia um carro totalmente destruído junto a um camelo morto, na beira da estrada. Eu mesmo e um amigo francês quase morremos quando desviamos de uma vaca que atravessou repentinamente a estrada. Por pouco não capotamos e rolamos um declive à beira da estrada. O episódio virou título de meu livro sobre vivem de carro pelo Oriente: Ä Vaca na Estrada”.

Abra os olhos com motoristas espertalhões

Igualmente, fique esperto com seu motorista se for viajar de caro pela Índia. Alguns sempre querem levar seus passageiros para hotéis onde recebem comissão. Falam que o hotel que você quer ir está fechado. Foi assim comigo em várias viagens que fiz.
Uma vez, porém, eu tinha conversado pelo Face na noite anterior com o proprietário, que é meu amigo. Virei onça. Assim, mandei que estacionasse o carro e passei para o banco da frente e o espinafrei, já avisando que numa próxima vez que tentasse nos enganar eu o denunciaria para o escritório de turismo. Murchou e se comportou a viagem toda. Depois fiquei com dó e quando nos levou para nosso hotel em Delhi, lhe deixei uma pequena gorjeta em dólares…

Viajar de carro pelo mundo nos permite descobrir o país

Carro no Nepal, com motorista: deliciosa aventura

Alugar automóvel com motorista vale igualmente para o Nepal, com trânsito também infernal. Aluguei uma vez de Katmandu a Pokhara um carro novo com motorista. Paguei uns cinquenta dólares por dia. Durante a viagem fomos visitando aldeias e templos e curtindo uma paisagem linda. Paramos no teleférico que leva Templo de Manakama no alto de uma colina. Logo, sem pressa, levamos dois dias para chegar a Pokhara!
Dormimos numa espécie de resort meio rústico às margens do rio Narayan, com uma vista panorâmica do lugar. Assim, ao considerar a possibilidade de uma viagem de carro pelo Nepal pense em alugar carro com motorista.

Viajar de carro na Tailândia comporta perengues

Desde já, aviso, na minha opinião viajar de carro na Tailândia implica em algumas dificuldades. Uma delas é a dificuldade de comunicação. Em alguns lugares ninguém fala inglês. O trânsito, sobretudo em cidades, é infernal. Ainda mais em um país de mão inglesa, volante à direita.
Assim também, não é fácil viajar de carro no país porque há uma quantidade inacreditável de motos e tuk-tuks cruzando na sua frente. E, alugar carro com motoristas na Tailândia não é barato como na Índia ou Nepal. Aliás, raramente estrangeiros alugam automóvel por lá. A maioria prefere pegar uma van ou um ônibus. Para pequenas distâncias há táxis ou lotações.

Assuntos Relacionados:

 

Posts Relacionados

036 De Paris a Katmandu de carro – “A Vaca na Estrada” – Os meninos de rua de Katmandu

Sonhos de Viagem

014 De Paris a Katmandu de carro – “A Vaca na Estrada” – Lahore

Sonhos de Viagem

042 De Paris a Katmandu de carro – “A Vaca na Estrada” – Novos lugares, novas amizades

Sonhos de Viagem
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x