América do Sul

Conheça Cartagena das Índias, na Colômbia

Sobre Cartagena das Índias

O nome Cartagena das Índias, homenageia a cidade de Cartagena de Levante, na Espanha. A cidade foi fundada por Pedro de Heredia, comandante espanhol, no dia primeiro de junho de 1533. O objetivo era ter um porto fortificado no continente para receber toda prata e ouro do império espanhol. De Cartagena essa riqueza para Havana, onde seria embarcada em galeões rumo à Europa.

O uso do trabalho escravo pelos espanhóis

Para realizar seu objetivo Pedro de Heredia usou e abusou do trabalho escravo para construir a cidade. Dessa forma Cartagena tornou-se o maior centro de tráfico negreiro da América espanhola. Negros e mestiços são, portanto, até hoje numerosos, não apenas em Cartagena, mas em todo o Caribe colombiano. 

Centro histórico de Cartagena das Índias, na Colômbia

Cartagena, estrategicamente situada no fundo de uma baía e contando com a enorme fortaleza construída entre 1639 e 1657, no alto do monte San Lazaro, tornou-se um dos pilares do poderio espanhol no Caribe, juntamente com Havana, em Cuba e a cidade do Panamá. Explica-se: era nas ilhas caribenhas, como San Andrés, por exemplo, que os piratas e corsários ingleses e franceses tinham suas bases, sempre de olho nos carregamentos do ouro dos galeões espanhois que circulavam pela região. 

Catedral em Cartagena das Índias

Apesar de suas defesas, Cartagena foi alvo de um ataque francês em 1697 e ocupada, com grandes perdas para os invasores, durante alguns meses. A ocupação pelos franceses, que quiseram se vingar do alto custo de sua expedição, causou grandes danos à cidade
Foi igualmente devido a forte presença de piratas no Caribe, que Felipe II da Espanha mandou construir onze quilômetros de fortificações no final do século XVIII para proteger a cidade. Assim também, o rei espanhol ampliou as fortificações já existentes no alto do monte San Lazaro, construindo ali o castelo de San Felipe de Barajas. Essas fortificações podem ser visitadas.

Cartagena das Índias, centro histórico

Cartagena sede do tribunal da Inquisição

A cidade colonial ficou igualmente famosa por abrigar a partir de 1610, esse horror que foi o tribunal do Santo Ofício da Inquisição. A partir de 1770 as seções de interrogatório passaram a ser  realizadas no Palácio da Inquisição, que existe até hoje. O edifício que preservou sua fachada dos tempos coloniais, tornou-se uma das atrações do turismo de Cartagena das Índias. 
Cartagena, com uma localização estratégica no comércio com a Europa tornou-se uma das joias do império espanhol e, no século XVIII já possuía uma população de quase vinte mil habitantes, uma das maiores cidades coloniais das Américas. Apesar disso, a cidade foi alvo de novo ataque, desta vez em 1741, por parte dos ingleses que cercaram Cartagena com uma enorme esquadra.

Cartagena das Índias

Invasores ingleses levam uma surra

Apesar de sua esmagadora vantagem numérica, porém, os britânicos foram repelidos pelos espanhóis com a colaboração de guerreiros nativos. Assim, as perdas inglesas foram elevadas: algo em torno de 10 mil homens, segundo alguns historiadores. Após a derrota inglesa Cartagena passou por um período de grande progresso, tornando-se posteriormente residência dos vice-reis espanhóis.
Um pouco de cultura inútil: em Cartagena foi fundado o primeiro café da América espanhola! 

Rua de Cartagena das índias

O império espanhol sitia Cartagena nas mãos dos insurgentes

Tendo se rebelado em 1811 contra a dominação da metrópole, Cartagena foi portanto, alvo de intensos ataques da Coroa, que destruiu a maioria de seus belos palacetes e outros imóveis, orgulho da cidade. Assim, em 1815 uma enorme esquadra enviada por Madri sitiou Cartagena. O cerco durou cinco meses, até a tomada da cidade, a última da Colômbia a se libertar da dominação espanhola. Dessa forma, a cidade só foi reconquistada em 1821, após ter sido sitiada, dessa vez pelas tropas que lutavam pela independência da Colômbia. 

Praça na Cidade Murada de Cartagena das índias

Decadência e renascimento de Cartagena

Todas essas guerras praticamente destruíram Cartagena que foi abandonada pela maioria de seus habitantes. Assim, somente a partir do final do século XIX, a partir da década de 1880 Cartagena foi lentamente sendo recuperada. Contribuiu para a recuperação da cidade a chegada de imigrantes árabes, chineses, e pessoas de outros países, que se estabeleceram em Cartagena.

Na segunda metade do século XX Cartagena começou a ser descoberta pelo turismo internacional, a infra-estrutura turística foi melhorada e ampliada e a cidade foi, cada vez mais, beneficiada pelos entrada de dólares e beneficiada por novos investimentos. Dessa forma, hoje Cartagena, com mais de 900 mil habitantes é o mais importante polo turístico colombiano.

Rua de Cartagena das Índias

Os bairros modernos de Cartagena

Cartagena tem toda uma região com prédios modernos. O mais interessante, porém, é a região da Calle San Andrés e a Cidade Velha, que conserva ainda parte de suas antigas muralhas. Toda essa área é caracterizada por construções coloridas do estilo colonial espanhol com seus balcões sobre a rua. Cartagena possui igualmente bairros modernos com arranha-céus. A sensação que tivemos ao visitar a área moderna e a antiga de Cartagena é de estar percorrendo duas cidades diferentes.

Como ir para Cartagena ? Precisa de visto?

Nós, que incluímos Cartagena em nosso roteiro em uma viagem de seis meses de ônibus pela América do Sul, passamos por Bogotá. Assim, de lá tomamos um ônibus para Barranquilla e dias depois outro, para Cartagena. 
Quem vem do Brasil deve saber, em primeiro lugar, que há vôos diretos de Guarulhos e também via Bogotá. O tempo de viagem em vôos diretos de Guarulhos até Cartagena é de uma dez horas. Nossa sugestão, porém, para quem tem mais tempo, é ir via Bogotá. Assim, aproveitar a escala e passar alguns dias na capital colombiana, que é bem agradável. É igualmente recomendável pesquisar ofertas na internet,

Voando para Cartagena das indias

Visto

Não é necessário visto e você pode mesmo viajar apenas com carteira de identidade. Seu  RG, não pode, porem, ter mais que dez anos de emissão e deve estar em bom estado. Recomendamos, entretanto, que você se informe em um consulado colombiano no Brasil se as regras do jogo vão mudar em decorrência da crise do corona virus.

Quando é melhor visitar Cartagena

Em Cartagena faz calor o ano todo, com temperaturas variando entre 26 e 32 graus na maior parte do ano. As estações em Cartagena são duas. Dessa forma, a seca, vai de dezembro a meados de abril e a chuvosa de maio a final de novembro. O mês mais chuvoso é outubro. Assim, nós, que pegamos muita chuva em Bogotá, chegamos a Cartagena preocupados com o clima. Pensamos até em comprar um guarda-chuva…

Devia chover, mas não choveu…

Passamos, entretanto, duas semanas em Cartagena em julho e, quase não choveu. Assim, pudemos curtir a cidade, ir à praia etc. Ou seja, o clima no mundo está mudando. Muitas vezes pegar chuva ou bom tempo em um lugar depende muito de sorte. Cartagena, embora fique no Caribe, não está na área mais atingida por tufões. Surpresas desse tipo são, portanto raras por lá, embora no auge da estação chuvosa fortes temporais possam desabar sobre a cidade.

Onde se hospedar

A área mais interessante para se hospedar em Cartagena é a Cidade Murada (Cidade Velha) e as regiões vizinhas, como Calle San Andrés. Isso lhe permitirá visitar a pé praticamente todas as atrações. A área moderna da cidade não é feia, mas também não tem nada de muito interessante.

Região moderna da cidade em Cartagena das Índias

Nós estivemos hospedados na rua mais badalada dessa parte antiga da cidade, a Calle San Andrés. Tínhamos tudo por perto: casas de câmbio, bares, restaurantes, agências de viagem e turismo etc. A bagunça vai até tarde. Como, poérm, nos hospedamos em um quarto no fundo do imóvel, o agito não nos incomodou. Ainda mais, da varanda do segundo andar do hotel podíamos apreciar o vai-e-vem na rua.

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é CARTAGENA-CALLE-S-ANDRES-09.jpg
Calle San Andrés em Cartagena das Índias

Onde comer

Quando queríamos comer havia uma infinidade de restaurantes servindo comida colombiana, pizzas,, sopas e hamburguers. Foi onde achamos um bom feijão com arroz, bife e salada. Ou seja, algo que não comíamos há meses, desde nossa partida do Brasil. O prato veio, porém, acompanhado da famosa arepa, o pão estilo mediterrâneo feito com trigo consumido na Colômbia.

Comparar preços é uma boa

O que recomendamos, sobretudo nessa rua que tem dezenas de restaurantes, é comparar os preços. Ou seja, sem motivo algum um prato em um lugar pode causar metade do preço de outro semelhante na porta vizinha.
Às vezes íamos almoçar no super-mercado próximo com um sel-service com bons preços. O único problema era a fila e a dificuldade em achar mesa.

Comida que lembra a brasileira, em Cartagena das Índias

Uma iguaria que experimentamos num desses restaurantes da Calle San Andrés foi a casula de mariscos, uma delícia, principalmente acompanhada de arepa. Outro prato que experimentamos por lá foi o ajuacio, uma espécie de sopa de galinha com batatas, espiga de milho, alcaparras e creme de leite.

Cazuela em restaurante de San Andrés

Sempre víamos em alguns desses restaurantes algumas pessoas acompanharem as refeições com uma curiosa bebida branca. Assim, perguntamos à moça do restaurante o que era aquilo. Quando, nos falou que era limonada de côco nos entreolhamos. Como assim? Que gosto teria essa mistura? Resolvemos, portanto, experimentar: achamos uma delícia! Enfim, o côco é também o componente de certos pratos, como o arroz de côco, por exemplo. Depois passamos a experimentar outros drinks, todos muito bons.

Drinks criativos em Cartagena das índias

O que ver e fazer em Cartagena

A Calle San Andrés

Essa rua, toda enfeitada por bandeirinhas coloridas é animada o dia todo, sobretudo à noite. Assim, flanando por ela você cruzará com gente de tudo quanto é país. Ou seja, em seus bares e restaurantes, frequentemente lotados, você escutará gente falando uma meia dúzia de línguas diferentes pelo menos. 

Numa das pontas da rua há igualmente quiosques que vendem arepa recheada, empanadas, milhos cozido e sanduíches. Assim, as pessoas compram seus lanches e sentam-se na guia mesmo para comerem ali mesmo seus lanches, na maior naturalidade. Ourtos sentam-se ali apenas para bater papo.

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é 00-CARTAGENA-NOITE-OK.jpg
Calle San Andrés

A cidade murada

A cidade murada é a área mais antiga e também mais agradável para se caminhar. É onde você verá os mais belos imóveis coloniais da cidade, ruelas, pracinhas, a fortaleza espanhola com seus canhões apontados para o mar. É igualmente na Cidade Murada que fica o Palacio de la Inquisición cuja fachada escapou das destruições provocadas por guerras que marcaram a história da cidade. A plaza tem, entretanto, uma história triste: era ali que executavam os condenados pela Inquisição católica. A Cidade Murada foi considerada em 1984 Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.
Dentro dos antigos muros de Cartagena ficam várias atrações, como a Plaza Bolivar, com seus balcões, a Plaza San Domingos, o Palácio da Inquisição e outros imóveis históricos, como a Plaza San Domingos.

As muralhas de Cartagena das Índias

Plaza San Domingos

Sem dúvida a mais bela praça de Cartagena, bem no meio da Cidade Murada. Embora imóveis coloniais existam em toda a cidade antiga, é, porém, na Plaza San Domingos que se pode apreciar os mais bonitos, com elaborados balcões. Nessa praça há igualmente bares e restaurantes em terraços com vista. Conforme os dias da semana artistas de ruas, músicos e bailarinos apresentam sua arte. É igualmente na Plaza San Domingos que fica a igreja do mesmo nome. Repare em frente à igreja a escultura de Fernando Botero, “Gertrudis“, mais uma “gordinha”, desta vez deitada sobre um largo pedestal. Para quem não sabe Botero é o mais famoso escultor colombiano. Cartagena tem, entretanto, diversos outros bronzes espalhados pela Cidade Murada.

Estátuas na Cidade Murada em Cartagena das Índias

Catedral de Santa Catarina de Alejandria

Essa catedral renascentista cuja construção foi iniciada em 1577 e terminada somente em 1612,  é uma das mais antiga da América espanhola. O atraso na finalização da catedral deveu-se a um ataque pirata que destruiu em parte a igreja ainda em obras. A catedral fica na Plaza de la Proclamacións, junto à plaza Bolivar. 

Palacio de la Inquisión 

No passado um lugar de fazer medo. Hoje uma atração turística que mostra as salas de tortura e igualmente ps instrumentos utilizados para torturar os acusados de heresia a fé cristã. Não é lugar para se visitar com crianças e nem pelos mais sensíveis.

Torre del Reloj

Torre del Reloj fica em uma das entradas da Cidade Murada, instalado em uma torre do século XVIII. Ali fica igualmente a Puerta del Relojoaria, que dá acesso a parte antiga da cidade. O primeiro relógio foi instalado na torre em 1874. Posteriormente, em 1937, o velho relógio foi substituído por outro comprado na Suíça.

Castelo San Felipe de Barajas

O Castelo San Felipe de Barajas, da segunda metade do século XVII, a mais poderosa fortaleza do império espanhol nas Américas, fica na parte antiga da cidade sobe uma elevação. A visita é, em suma, interessante para se conhecer um pouco da arquitetura dos fortes coloniais espanhóis desse período. Do alto tem-se uma vista panorâmica da cidade.

Castelo San Felipe de Barajas

Playa Blanca

É altamente provável que você seja assediado por vendedores de tours turísticos junto das muralhas da Cidade velha. Dessa forma também nos ofereceram uma dezena de vezes esse passeio a tal Playa Blanca, até que resolvemos verificar. Águas transparentes e areia branca, é verdade. Só que lotada, cheia de cadeiras de armar e guarda-sóis ocupando todo espaço.

Playa Blanca em Cartagena

Uma decepção! Fomos, olhamos. Não havia sequer um lugar onde atender uma uma canga paa sentarmos em cima!
Bom, você deve estar pensando: se não é legal, por que motivos mencionamos? Sim, nós o fizemos como uma dica: inclua-se fora desse programa. Ainda mais se você conhece um monte de praias bonitas no Brasil ou em outros países.

O festival Internacional de cinema de Cartagena das Índias

Sede do Festival Internacional de Cinema de Cartagena das Índias

Talvez apenas os apaixonados pela sétima arte saibam disso, mas o Festival Internacional de Cinema de Cartagena é o mais antigo de toda America Latina e vem sendo realizado na cidade desde 1960.  Os vencedores são agraciados com o troféu Índia Catarina que premia os melhores filmes do cinema hispano-americano.

Posts Relacionados

Valle Sagrado dos Incas

Sonhos de Viagem

Melhores Aplicativos de Viagem

Sonhos de Viagem

Alberobello, no sul da Itália

Sonhos de Viagem
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x