Dicas de Viagem

Melhores Aplicativos de Viagem

Muita gente nos pergunta sobre os aplicativos que nós usamos, já que estamos sempre viajando. Antes de mais nada, já avisamos: são vários. Não se trata apenas de conhecer aplicativos, mas de saber utilizá-los. Queremos, assim, nesta postagem passar umas dicas.
O fato, é que esses aplicativos, facilitaram muito a vida dos viajantes, que com eles, poderão organizar melhor sua viagem.
Portanto, se você se você estiver pensando em seu próximo destino, assim que essa crise passar, pé na tábua, siga nossas dicas dos Sonhos de Viagem, organize e planeje a viagem de seus sonhos.

Passagens aéreas

1) Melhores destinos

Melhores aplicativos de viagem: os amigos do viajante

Quando é mais fácil achar passagens mais baratas

Algumas dicas úteis sobre passagens aéreas: existem muitas variações dependendo principalmente da época do ano em que você vai viajar. Normalmente outono e primavera correspondem à baixa estação, apesar de serem as melhores épocas para se viajar em quase todo lugar do mundo. Às vezes, uma passagem na baixa temporada custa a metade do preço da passagem na alta. 
Um segundo fator é o dia da semana do vôo que você pode escolher. Em geral as passagens aéreas custam um pouco mais baratas às terças, quartas e sábados.  Vôos com conexões também custam mais barato do que vôos diretos.

2) Kayak

Melhores aplicativos de viagem: Kayac

Esse app permite que você  veja as notificações, assim que eles publicarem um passagem com preço baixo. Com esse app, você pode ver as promoções que cabem no seu bolso. Fique, porém, atento. Há conexões super longas. Você toma um chá de aeroporto de um dia inteiro. Por outro lado, cuidado com conexões demasiadamente curtas. Muitas vezes o vôo do primeiro trecho atrasa e você perde a conexão até o destino final.
Por último, há igualmente vôos baratos, mas em horários impossíveis (três horas da madrugada, coisa desse tipo!). O que você precisa ter em conta é se o sacrifício vale a pena ou não.
O KAYAK, oferece igualmente reserva de hotel e aluguel de carro.

Hotel, hospedagem nos melhores aplicativos de viagem

3) Booking.com

Melhores aplicativos de viagem: booking.com

O nosso queridinho quando procuramos hotel.
Há vários aplicativos sobre hotel e hospedagem em geral, como Booking, Airbnb, Agoda etc. Nós, na maioria das vezes, utilizamos o Booking, com  qual estamos acostumados e que nos dá as respostas que desejamos.

Importante: Quando falamos em saber utilizar um aplicativo, significa em primeiro lugar conhecer seus filtros. Aliás, esses filtros são muito parecidos em quase todos os aplicativos. Você precisa ver o que mais lhe interessa, quais os confortos que não abre mão. Vamos ver alguns dos filtros mais importantes?

Saiba como usar alguns filtros dentro do aplicativo:

Localização

Esse é um tópico que consideramos essencial. Na imensa maioria das vezes (não sempre, porém) a melhor localização é o centro histórico, exceto para aqueles que, por algum motivo particular, precisam ficar em outra região da cidade. Em alguns casos, quando não achamos nada interessante no centro histórico, procuramos um lugar próximo e com por acesso fácil, uma linha direta de metrô para o centro, por exemplo. Aconteceu assim na última vez em que estivemos em Buenos Aires. Exatamente no centro não achamos nada, entretanto, encontramos um hotel com preço tentador num bairro próximo. Só quatro estações de metrô. Assim, no Booking e outros aplicativos existem vários filtros sobre as localizações.

Estacionamento

Claro, cada viagem é diferente. Assim, por exemplo, quando alugamos um carro ao deixar Veneza, sabíamos que seria mais econômico conseguir hotel com garagem, do que pagar estacionamento, caríssimo na Europa. Dessa forma, usamos o filtro “estacionamento” e só reservamos hotéis onde seria possivel deixar nosso carro.

Elevador

Na Europa, principalmente, em um hotel pequeno e barato, instalado em imóvel antigo, pode não haver elevador. Estabelecemos, dessa forma, que nosso limite para subir com bagagem é de um andar. Atenção, entretanto: muitos hotéis, por má fé, não mencionam o detalhe do elevador. Assim, é bom mandar um e-mail e se informar.

Quarto com banheiro

Essa é outra de nossas exigências. Frequentemente ficamos em hostels que possuem dormitórios coletivos com banheiro no corredor e, igualmente, quartos com banheiro privativo. São esses que reservamos.

Cozinha

Quando ficamos em hostel, a maioria possui uma cozinha coletiva que todos os hóspedes podem usar. Nós gostamos muito de poder dispor de uma cozinha. Sai mais barato comprar comida em mercado, pronta, semi-pronta, ou fácil de preparar, como um mero bife com batata cozida. Em um hostel cada um costuma ter seu armário. Algumas coisas, porém, ficam na geladeira. Há muito respeito entre os viajantes: ninguém mexe nas coisas dos outros. Ainda mais, a cozinha é também um bom lugar de confraternização, pois existe geralmente uma grande mesa onde cada um se instala para comer.

Tipo de estabelecimento

Nós gostamos de ficar em hostel, mais do que em hotel. O ambiente é mais informal, há uma boa interação com outros viajantes (uma boa oportunidade para troca de dicas). Ainda mais, costuma ser mais barato. Porém, sempre pegamos quarto com banheiro muito limpo.

Ar condicionado e aquecimento

Esse é outro item importante. O hotel econômico e hostel na América do Sul, em particular, tem um aquecimento que deixa a desejar ou, nem mesmo nem existe. Reclamam sempre do custo dos sistemas de aquecimento e procuram economizar às custas dos hóspedes.
O mesmo acontece, em escala muito menor, diga-se de passagem o com ar condicionado em países quentes. Em alguns lugares o calor é insuportável. Nesse caso o ar condicionado é indispensável. No Booking você deve mencionar que deseja ar ou aquecimento. Outra coisa importante é ver a nota que o Booking atribui ao estabelecimento. Quanto mais alta melhor. Outra coisa, leia os comentários de pessoas que se hospedaram no referido hotel. 

Preço

Há também um filtro para preços. Na América do Sul e na Ásia (menos o Japão e Coreia) estabelecemos, na baixa estação valor máximo de U$ 25 por noite. Na Europa esse esse teto é muito mais elevado. Isso, é claro, depende muito de país e igualmente da cidade. Nos USA (sobretudo em cidades como Nova York), na Inglaterra, Suécia e outros países nórdicos, no Canadá etc, calcule uns cem dólares, no mínimo, em lugares muito baratos.

4) AIRBNB

Os melhores aplicativos de viagem: Airbnb

O Aplicativos de Viagem Airbnb, permite que você se sinta em casa em mais de 190 países.
Inclusive o Airbnb está disponível em mais de 33 mil cidades do mundo. Dessa forma, podemos nos comunicar com o anfitrião, que poderá nos fornecer algumas informações sobre a hospedagem. Assim, você pode se hospedar em um apartamento ou uma casa inteira, com o preço que cabe no seu bolso.

Importante em todos os melhores aplicativos de viagem

Nossas dicas é verificar primeiramente as avaliações das acomodações, feitas por quem já se hospedou no local. As pessoas sempre deixam seus comentários sobre limpeza, localização Wi-Fi, café da manhã, conforto geral, qualidade do atendimento. É o que nós mesmos fazemos, para ajudar os que irão, após nós, se hospedar no estabelecimento.

Tradutor

5) Google Tradutor

Melhores aplicativos de viagem: Google Tradutor

Se você não fala língua alguma pode viajar pelo Brasil mesmo, para Portugal e países de língua espanhola onde dá, para, pelo menos se fazer entender. E os outros países? Bom, achamos que uma comunicação em inglês é fundamental. Óbvio, se você fala francês pode viajar pela França, boa parte da Suíça, Bélgica, no norte da África e Oriente Médio. Igualmente, se fala italiano, não precisa falar inglês se for viajar pela Itália.

E em outros lugares do mundo?

Como fazer em outros lugares do mundo, como Nepal, Tailândia, Vietnã, Japão, Cambodia, etc onde quase ninguém fala inglês e quando dizem que falam, é quase incompreensível?
É ai que entra o Aplicativos de Viagem Google Tradutor. Você fala em português no microfone do celular e ele traduz em outros idiomas, à sua escolha. O problema é que essa tradução é aproximada. Isso em parte acontece porque é preciso uma linguagem bem objetiva, nada de papos complexos e, sobretudo, nada de gírias. Se você digitar, por exemplo: “Procuro um hotel legal“. É capaz que receba uma resposta do tipo: “Todos nosso hotéis são legalizados“.

Dinheiro, nos melhores aplicativos de viagem

6) Conversor de moedas Xe Currency

Melhores aplicativos de viagem: Xe Currency

Normalmente você terá na calculadora do celular como transformar a moeda local em dólar, depois em real. Porém, se usar o Aplicativos de Viagem Xe Currency, conversor de moedas, como nós fazemos em nossas viagens, é muito mais simples. Quando se trata de dólar ou euro já convertemos de cabeça. Claro, sempre abismados em ver que a nossa moeda brasileira vale cada vez menos nesse caos que anda a nossa economia (agora em julho de 2020). 
O bom desse conversor de moedas Xe Currency, é que ele fornece a taxa de câmbio em tempo real.

Um cafezinho por mil pratas?

Quando temos, porém, que lidar com moedas onde um dólar vale uma nota cheia de zeros, onde um café pode custar mil pratas, as coisas mudam. Há, dessa forma, moedas, como o peso chileno, por exemplo, (mil pesos chilenos é o equivalente a U$ 1,24). Assim você paga numa refeição dez mil pesos! Não apenas no Chile, mas em vários países com valor nominal baixo o turista se atrapalha e acaba pagando dez vezes mais uma corrida de táxi.

Moeda de valor nominal alto, mas estável

Com o Aplicativos de Viagem Xe Currency, porém, se você comprar algo, em peso chileno, yens, rúpias nepalêsas ou em baths tailandeses, já sabe exatamente quando está gastando em real. Note bem, valor nominal baixo não significa moeda instável. Um dólar, por exemplo vale quase 108 yens, a moeda japonesa, que é uma moeda bem estável. Ou seja, mantém o preço em relação ao dólar e não se desvaloriza como o real. Aliás, anote a dica: se for viajar em países vizinhos ao Brasil, na América do Sul, pode ser que, na fronteira, por exemplo, aceitem o real, mas por um câmbio alvitante.

Localizadores

7) Google Maps

Melhores aplicativos de viagem: Google Maps

Apesar de termos o costume de sempre passar em escritório de turismo e conseguir um mapa da cidade, o Aplicativos de Viagem Google Maps têm recursos extremamente úteis. Você amplia, traça roteiros, pode fazer print da tela dos mapas que mais utiliza, calcular distâncias etc.  O Google Maps oferece ainda outras vantagens: assim, você pode igualmente ter uma ideia do tempo que precisará para se deslocar de um local para outro. E, ainda mais, ele oferece um super útil GPS que utilizamos quando alugamos automóvel.

8) Trip Advisor

Melhores aplicativos de viagem: TripAdvisor

Destaca pontos turísticos, possui mapas e o auxilia a traçar roteiros. O Aplicativos de Viagem TripAdvisor pode (e deve) ser estudado com carinho não apenas durante sua viagem, mas pode ajudá-lo inclusive na preparação da mesma. Ele indica tudo de interessante perto de onde você está ou vai estar hospedado, como museus, barzinhos, os melhores restaurantes, shows, hotéis, pontos turísticos. E, ainda mais, traça o mapa mostrando como você faz para chegar em cada lugar.

Clima e previsão do tempo nos melhores aplicativos de viagem

Há algumas décadas podíamos confiar nas famosas tabelinhas de médias máximas e mínimas nos últimos vinte anos em cada lugar do mundo. O clima do planeta, entretanto, devido ao descongelamento das calotas polares, desmatamento de florestas e a poluição atmosférica, está mudando em todo o mundo. Por isso mesmo, os apps de previsão do tempo tornaram-se muito mais necessários. Dessa forma, para evitar surpresas recomendamos que consulte os aplicativos que recomendamos. Os apps que indicamos são os mais práticos e úteis.

9) AccuWeather

Melhores aplicativos de viagem: AccuWeather

O Aplicativos de Viagem AccuWeather tem novidades interessantes. Muitas vezes, além das temperaturas que os termômetros indicam, existe igualmente a chamada sensação térmica. Em suma, o termômetro indica uma temperatura de 10 graus, mas você sente muito mais frio em razão de ventos, humidade etc. Outra vantagem do AccuWeather é que ele é atualizado de hora em hora.

10) Climatempo nos melhores aplicativos de viagem

Melhores aplicativos de viagem: Climatempo

Aplicativos de Viagem Climatempo (Android iOS) Igualmente útil, porque mostra não apenas as temperaturas, mas também a sensação térmica, possibilidade de chuva, umidade relativa do ar etc. O Climatempo oferece, ainda mais, um período amplo de previsão do tempo, de duas semanas.

Fundamental considerar

Máximas e mínimas

Muita gente se preocupa apenas com a mínima. A máxima pode estar em 18 graus, porém, se a mínima for de cinco graus, alguns chegam a desistir da viagem. Esquecem, porém, que as mínimas ocorrem de madrugada, tipo 3 da manhã. É altamente provável que a essa hora você esteja dormindo em um quarto aquecido de hotel, debaixo de cobertores. Na realidade, a temperatura que você vai conviver é principalmente com a máxima, no final da manhã e a tarde. Essa sim é a temperatura que mais importa.

E as chuvas?

Vimos que muita gente se preocupa muito com temperaturas e esquece as chuvas. Ora, as temperaturas, se não forem extremas (calor ou frio excessivo) dá para administrar mais facilmente vestindo roupas adequadas ao clima. Mas, e as chuvas? Para nós, a chuva é o inferno astral do viajante, o que pode realmente prejudicar sua viagem, fazê-lo perder atrações ao ar livre etc. Portanto, utilizando aplicativos procure escapar das chuvas.

Tufões

Sem intenção de assustar ninguém, passar pela experiência de tufões pode não ser nada agradável, ou ser algo perigoso. Assim, algumas regiões do mundo têm temporadas em que os tufões são mais frequentes, caso do Caribe. Mesmo assim é um acontecimento raro. Estivemos duas vezes no Caribe em época de tufões e só tivemos sol e céu azul e uma brisa agradável. Porém, antes de tomar nosso avião já sabíamos que não correríamos riscos. Aconselhamos vivamente que você faça o mesmo.

Diferenças horárias nos melhores aplicativos de viagem

10) WORLD CLOCK

Melhores aplicativos de viagem: World Clock

O Aplicativos de Viagem World Clock permite saber as horas em qualquer lugar do mundo. Assim, você está na Índia ou outro lugar distante e sabe que horas são no Brasil. Isso lhe evitará, por exemplo, que você, às dez da manhã, ligue para seus amigos ou parentes no Brasil às quatro da madrugada por lá… (Perdeu aquela aulinha de Geografia? Então anote: quanto mais para leste mais cedo, quanto mais para oeste, mais tarde!). É igualmente essencial para você saber quando vai desembarcar em um país ou acertar seu relógio para evitar perder seu avião, trem ou ônibus.

E, além dos melhores aplicativos de viagem, onde e como mais é útil pesquisar na Internet?

A internet está se tornando cada vez mais uma aliada de turistas e viajantes e superando, dessa forma, os guias em papel, pesados e menos práticos. Os aplicativos de viagem são um instrumento de pesquisa bastante importante. Há, entretanto, vários outros, como sites e blogs.

Blogs e sites, para que servem?

Sites e blogs de viagem, quando são bons mesmo, têm um monte de dicas úteis. O site tem uma informação mais informal. Os blogs, além de mais coloquiais, relatam experiências de viagens reais vividas pelos blogueiros. Nós, em nosso blog, retratamos nossas viagens pelos mundo, como as coisas aconteceram, como nos sentimos, como lidamos com cada situação. Assim, informalmente, vamos passando dicas preciosas.

Sobre a atualidade das informações, importante nos melhores aplicativos de viagem

Realidades que estão sempre mudando

Sobre as informações, evitamos mencionar valores, horários e todo tipo de informação que podem em um mês apenas já estarem defasadas. O mesmo acontece com exigências consulares sobre documentações. As exigências nos serviços de imigração sobre passaporte, visto, vacina etc, é outro exemplo. Acontece que o turismo é uma área muito dinâmica. Assim, evitamos mencionar, que existem passes de transportes válidos uma semana ou cinco dias por tal preço e oferece tais e tais vantagens. São realidades que estão sendo constantemente alteradas e corremos o risco de passar informações erradas a nossos seguidores. Muito melhor é fornecer a a fonte, o site oficial da companhia de transporte ou o contato do consulado. Dessa forma, sempre fornecemos o site, e-mail, telefone daa empresa ou instituição. Lá você encontra informações super atualizadas.

Preços

Outro cuidado que tomamos é jamais mencionar preço em reais. Por exemplo, no final de 2019 paguei o dólar em torno de 4 reais e alguma coisa. Meses depois, nossa moeda desabou. Se mencionássemos qualquer valor em real, quem utilizasse nossas informações iria logo acreditar que o conteúdo de nosso blog não é confiável. Por isso sempre mencionamos preços em dólar. Até mesmo nossa contabilidade pessoal de viagem é feita em dólar. Se você viajar pela Europa, por exemplo, pode adotar o euro como referência, pode ser muito mais prático ainda.

Como pesquisar nos melhores aplicativos de viagem?

Se você deseja informações gerais sobre uma cidade ou país digite o nome de seu destino + a palavra “turismo“. Se, entretanto, você deseja informações específicas sobre um tópico, a pesquisa é outra. Vamos fazer de conta que você pretenda viajar de ônibus pelo Peru, digite “Peru + ônibus”. Se você sabe que vai de Lima para Cusco digite “Lima + ônibus + Cusco”. 
Se você fala correntemente um idioma estrangeiro, pode ter mais informações se pesquisar no língua do país.
Enfim, essas informações não são dirigidas aos viajantes veteranos, que estão carecas de saber disso. Podem, entretanto, ser muito úteis aos viajantes de primeira viagem.

Imagens, para que servem?

Gente, em primeiro lugar, vamos esclarecer: nosso blog tem foto que não acaba mais. Ela, porém, não tem o objetivo de deixar o blog “bonitinho”. Fotos servem, isso sim, para ajudá-lo a escolher seu destino. Você olha várias imagens e decide se o lugar tem a sua cara, se é isso que você está buscando. Aliás, nós mesmos do Canal do Youtube “Sonhos de Viagem“, utilizamos muito as imagens como um dos critérios para escolher o destino de uma próxima viagem.

Muito bem, pessoal, já passamos dicas mais importantes sobre os aplicativos que estudamos para planejar nossas viagens. Aproveitem, e boa viagem!

Um último aviso: Como todos sabemos, o momento atual não é indicado para nenhum tipo de viagem. Acreditamos, entretanto, que pode ser um forma de quebrar a monotonia da quarentena. Em segundo lugar, é muito possível que em seis meses, ou um ano, que as pessoas voltem a viajar. Nesse caso as informações que estamos compartilhando podem ser valiosas.

Assuntos Relacionados:

Posts Relacionados

01- “A Vaca na Estrada” – Vamos?

Sonhos de Viagem

Nécessaire de utilitários

Sonhos de Viagem

Escolha seu Destino – Dicas de Viagem

Sonhos de Viagem
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x