Brasil

Mercadão de São Paulo: Guia Completo de Compras e Turismo

O enorme Mercado Municipal de São Paulo, mais conhecido como “Mercadão”, em estilo art-nouveau foi inaugurado em janeiro de 1933. É o maior mercado varejista da cidade, é um ícone do turismo na capital paulista. Assim, virou programa de turistas e igualmente de paulistanos, visitar o mercado, sobretudo nos finais de semana.

Banca no Mercadão de São Paulo

Obra começada em 1928

O mercado, com 12.600 metros quadrados, onde trabalham mais de 1.500 funcionários, obra do do arquiteto Ramos Azevedo e do engenheiro Felisberto Ranzini, começou a ser construído em 1928. Hoje movimenta por dia umas 350 toneladas de alimentos. Ou seja, é o maior mercado de São Paulo.

O estilo Art-Noveau do Mercadão de São Paulo

Filmagem em tempos de pandemia: todo cuidado é pouco

Depois de quase um ano retidos na Tailândia, a maior parte do tempo em uma ilha sem nenhum caso de covid, não estávamos dispostos a correr risco em

Chegando cedo você escapa das aglomerações em torno das bancas do Mercadão de São Paulo

O trem das onze

Dessa forma, filmamos, fotografamos, entrevistamos alguns proprietários de bancas. Sabíamos que, por volta das onze, o pessoal que vem ao mercado com intenção de almoçar, começa a chegar. Logo desembarcaram os passageiros do trem das onze e as alas do Mercadão ficam lotadas. Assim, quando o movimento aumentou, tratamos de escapar de aglomerações fugindo para o mezanino da área de alimentação, nos instalando em uma mesa mais afastada. Mesmo assim, só tiramos as máscaras para comer.
Do mezanino pudemos, aliás, obter ótimas imagens panorâmicas do Mercadão de São Paulo.

O Mercadão de São Paulo ainda bem vazio, bem cedo

Mercadão: atração turística

O Mercadão é, é claro, um lugar para se fazer compras, já que tem uma gigantesca variedade de produtos nacionais e importados de primeira qualidade. Porém, embora todo mundo faça compras quando vai ao Mercadão, a visita do mercado tornou-se programa. Ou seja, muita gente vai lá para se distrair, para comer, bebericar e visitar as bancas. Ou, igualmente, para experimentar seus badalados sanduíches e pastéis.

Escolha difícil no Mercadão de São Paulo

Degustação

Na realidade, nem estávamos muito famintos quando subimos para a área de alimentação. Afinal, a degustação em cada banca onde filmávamos cortou um pouco nosso apetite. Uma fatia de queijo aqui, um pedaço de uma fruta exótica ali…, Quando viam que éramos youtubers do canal “Sonhos de Viagem”, nos obrigavam a experimentar de tudo…

Ketty experimentando a lichia de uma das barracas de frutas no Mercadão de São Paulo

Num lugar provamos diferentes tipos de queijo e azeitonas, em outro lugar frios deliciosos, frutas que nunca tínhamos visto antes, quase impossíveis de se encontrar em um supermercado, ou então diferentes tipos de queijos. Era impossível não comprar nada!

Área de alimentação

Ela não existia originalmente. Foi construída em 2004, quando foi introduzido um grande mezanino com áreas de alimentação providas de mesinhas. É onde muita gente escolhe ir almoçar aos domingos. Em suma, o Mercadão virou uma verdadeira atração turística,, que agrada inclusive ás crianças.

O famoso pastel de bacalhau no Mercadão de São Paulo no Mercadão de São Paulo

Uma coisa boa na área de alimentação é que as mesas estavam com bom espaçamento entre elas. Ou seja, demos sorte de pegar uma num canto tranquilo.
As garçonetes, todas elas, usavam máscaras e mantinham uma certa distância dos clientes ao anotar o pedido. Álcool gel ficava á disposição dos clientes que entravam e saíam do estabelecimento.

Produtos incomuns

No Mercadão você verá, além de produtos mais manjados, igualmente especiarias incomuns, patés elaborados, frios, azeites especiais, uma grande diversidade de queijos. Há muitos boxes que oferecem degustação. É óbvio que é chato abusar e não comprar nada…

Uma enorme variedade de frios no Mercadão de São Paulo

E os preços?

Não espere, preços super baratos. Creio, porém, que em geral são melhores do que nos supermercados de Os vitrais do Mercadão

Vitral no Mercadão de São Paulo

Igualmente chama atenção dos visitantes a arquitetura Art-Nouveau do Mercadão, sóbria e elegante.
Um luxo para sua época, são 35 painéis de vidros divididos em 72 vitrais assinados pelo alemão Conrado Sorgenicht Filho. (1904-1994). Os painéis do artista têm como tema a vida nas fazendas paulistas numa época onde a mecanização não era ainda utilizada. Eles ilustram o trabalho na agricultura, a criação de animais a produção manual de alimentos, com imagens de trabalhadores rurais.

Mercado Municipal de São Paulo, o Mercadão de São Paulo

Dificuldade em estacionar e em chegar ao Mercado

Quando Ketty e eu visitamos pela primeira vez o mercado, tivemos certa dificuldade em achar onde estacionar, ou tínhamos que encarar os “encosta aí doutor, que nois olha“. Ou seja, a gente estaciona na rua em lugar livre e tem que pagar para esses caras protegerem seu carro contra eles mesmos. O mais fácil é pegar um Uber, pois o acesso é igualmente confuso para quem não conhece. Outra opção é o metrô. Nesse caso desça na estação Luz.

Quando ir

A entrada princiapal do Mercadão de São Paulo

O Mercadão é aberto diariamente das 6 da manhã ás 18 hs. Domingo também abre, mas fica lotado, ás vezes é difícil achar mesa. E, não é, porém, o momento de aglomerações. Se puder visite o Mercadão Municipal de O que vale a pena ver, conhecer, experimentar no Mercadão

Variedades de queijos no Mercadão de São Paulo

Queijos

Os queijófilos fanáticos vão acreditar que chegaram ao paraíso. Ketty e eu, apaixonados por queijos, não sabíamos para onde olhar. Afinal, o Mercadão de  Sanduíche de Mortadela

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é mercadão-02.jpg
O mega sanduíche de mortadela do Mercadão de São Paulo

O mais comum e popular sanduíche do Brasil, o sanduíche de mortadela virou atração gastronômica do mercado. Quase todos que visitam o mercadão não deixam de prová-lo. Em primeiro lugar, utilizam mortadela de qualidade. Ainda mais, o recheio é também farto. Assim, esse sanduíche é vendido em várias lanchonetes do mercado.

Pastel de bacalhau

Há no Mercadão pastéis de vários sabores tradicionais, mas há três tipos de pastéis que fazem total sucesso no Mercado Municipal de São Paulo: o de bacalhau e o especialíssimo pastel de mortadela. Você pode saboreá-los em muitas bancas, mas os melhores são os da Família Rivitti e os do Bar do Mané. Somente o recheio de bacalhau pesa 220 gramas.

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é mercadão-o1.jpg
Pastel de Bacalhau do Mercadão de São Paulo

Bolinho de bacalhau

O Bolinho de bacalhau do Mercadão é igualmente famoso. Assim, muita gente vai lá para saborear essa iguaria. Lembro-me de ter achado esses bolinhos de bacalhau tão bom ou  até melhor do que os que comi durante uma de minhas viagens a Portugal. Assim, vários boxes vendem o badalado bolinho, porém, um dos mais famosos é o do Hocca Bar. Aos domingos fica lotado.

Bolinho de Bacalhau do Mercadão de São Paulo

Frutas

Chama a atenção a variedade e qualidade das frutas vendidas no Mercadão Municipal de São Paulo. Além das mais comuns, como peras, maças, que você vê em qualquer feira, o mercadão tem igualmente umas raridades, como frutas do nordeste que você não encontra em supermercados, além de outras importadas. Ainda mais, são graúdas, tem ótimo aspecto, seu colorido chama atenção..

Ketelin é uma “oriunda”, Parpinelli legítima. Foi um ancestral dela que fundou essa casa de frutasMercadão de São Paulo

As frutas frescas predominam, – quase todas as bancas oferecem degustação. O que impressiona é q qualidade e mesmo o tamanho das frutas. Ainda mais, nessas bancas você encontrará igualmente frutas secas ou cristalizadas, como damasco, tâmaras, ameixas e outras. Uma das bancas mais importante é a Parpinelli, fundada por um bisavó de Ketty.

As bancas de frutas colorem o Mercadão de São Paulo

Bebidas

O mercadão possui também uma seção dedicada a bebidas, principalmente vinhos e cervejas. Você encontrará por lá vinhos de diversos países, tintos, rosés, brancos, de qualidade. Entre as cervejas você encontrará algumas incomuns, sem falar das artesanais, bem criativas.

O Mercadão de São Paulo possui casas de vinhos como a Irmãos Gomes. A casa possui bons títulos, mas, boa parte deles, pouco conhecidos dos brasileiros.

Dica de turismo na região:

Próximo do Mercadão fica o velho e elegante Palácio das Indústrias, onde funciona o museu Catavento. Trata-se, entretanto, de uma atração que interessa mais á criançada. No jardim estão expostos uma locomotiva, um avião antigo e outras curiosidades que a meninada adora..

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é aVIÃO-PALÁCIO-DAS-INDÚSTRIAS.jpg
Avião antigo no Palácio das Indústrias não longe do Mercadão de São Paulo

O Estado de São Paulo, ao contrário do que muita gente imagina, possui na capital, no seu litoral e mesmo no interior do território, muitas atrações. Assim, na capital temos museus de primeira linha, a começar pelo badalado Masp. No interior, cidades históricas como São Luiz do Paraitinga ou Bananal, ou ainda estações de água e deliciosos hotéis-fazenda. Finalmente, costa paulistana, sobretudo seu litoral norte, oferece lindas praias. E, ainda mais, quase todas de fácil acesso.

Assuntos Relacionados:

Posts Relacionados

Relato da Nossa Viagem na Pandemia – Parte 1

Sonhos de Viagem

Cusco, a antiga capital inca

Sonhos de Viagem
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x